Bariloche é considerada uma das cidades mais interessantes da Argentina, atraindo milhares de turistas todos os anos, principalmente em seu rigoroso inverno, o qual ocorre na mesma época em que no Brasil.

Enquanto em solo verde e amarelo as baixas temperaturas raramente atraem paisagens esbranquiçadas, em Bariloche a neve cai de tal forma que a cidade se transformou em principal destino turístico do país para quem quer conhecer a neve e aproveitá-la em algum esporte.

É por isso que Bariloche em julho se torna referência em todo o país.

Sua infraestrutura é perfeita caso você seja uma dessas pessoas que quer ir para lá em julho e não sabe como é a cidade nessa época do ano.

Hotéis, restaurantes, atrações turísticas e estações de esqui e outras atividades relacionadas a neve estão disponíveis de forma abundante.

Mesmo assim, é preciso se planejar para conhecer melhor a cidade, pois ela costuma encher bastante. Por isso, preparamos este guia com 10 dicas para aproveitar melhor.

O que fazer em Bariloche em julho?

Preparamos 10 dicas para aproveitar bem a alta temporada em Bariloche.

Se você pensa que ficou faltando alguma dica, por favor, deixe um comentário e nós atualizaremos a matéria.

Cidade Bariloche

Bariloche

1. Como é o clima de Bariloche em julho

Julho é o início do ápice do inverno em Bariloche.

A cidade começa a ficar coberta por neve, o que deve acontecer no final do mês, mas as temperaturas caem bastante, por isso, já atraem o olhar dos visitantes às atividades nas estações de esqui.

Enquanto as temperaturas máximas costumam chegar a 5 °C, o que para muita gente já é frio o suficiente para usar as roupas mais pesadas e, é claro, impermeáveis, as mínimas vão facilmente a -5 °C.

Por isso, o clima de Bariloche é intensamente frio. O suficiente para você organizar as suas malas com calma e focar nas roupas mais quentes que tiver.

2. O que levar e como organizar as malas para curtir o mês

Por falar em malas, agora que você já sabe como o inverno em Bariloche é intenso, que tal se organizar para preparar a sua bagagem e não passar frio na Argentina?

Para começar, é preciso que você saiba que a neve pode derreter em sua roupa e, se ela não for impermeável, você ficará encharcado e congelado.

O primeiro passo, então, é ter roupas grossas e impermeáveis, como casacos e calças.

Caso não queira comprar esse tipo de roupa, não se preocupe! A cidade tem diversos estabelecimentos, dentre eles os próprios centros de esqui, que alugam para você apenas utilizá-los na neve. Pode sair mais em conta.

Caso siga esse passo, ainda assim sua mala precisa conter roupas quentes e grossas, como segunda-pele, cachecóis, toucas, luvas e meias de lã. Tudo isso te ajudará a se manter aquecido enquanto caminha pela cidade.

Bariloche 1

Bariloche

3. Conheça as datas comemorativas para aproveitar ainda mais o mês de julho

O único feriado nacional em julho, na Argentina, é o do dia 9, que simboliza a independência do país.

Como turista, pode ser que você precise se planejar para não ir a pontos turísticos, parques e até mesmo em alguns restaurantes nesse dia, pois eles estarão fechados.

Por outro lado, por ser um feriado de grande repercussão nacional, esta é uma ótima oportunidade para você conhecer diversas comemorações que ocorrem pelo país.

Em Bariloche, alguns estabelecimentos ficam enfeitados e o patriotismo fala mais alto em diferentes rodas de conversas.

4. O que comprar e onde ficam os melhores lugares de Bariloche

Conhecer Bariloche é caminhar pela Rua Mitre, a central e que possui as grandes lojas que te levarão às compras.

Em seu entorno, você pode achar lembrancinhas em lugares mais baratos, mas, se preferir comprar roupas ou chocolates, fique próximo às ruas mais movimentadas.

Como Bariloche é uma cidade plenamente turística, suas compras poderão ser feitas, também, nas estações de esqui, as quais costumam ter lojas para o aluguel de roupas e que também oferecem diversos artigos regionais.

Outro fator que poderá influenciar suas compras são as lojas de chocolate.

Não perca a oportunidade de provar a versão quente, derretida e repleta de sabor. A produção é local.

Cerro Otto 3

Teleférico em Cerro Otto

5. Conheça Cerro Otto e tudo o que a natureza pode te oferecer

Se existe um lugar de Bariloche que merece ser visitado enquanto o frio bate forte em toda a cidade, é Cerro Otto.

Cerro (ou monte) é onde você poderá escalar, subir por teleférico ou outro meio de transporte e admirar a gigantesca paisagem do entorno da cidade.

Em Cerro Otto, além de ter as suas próprias estações de esqui, você também encontrará a famosa Confeitaria Giratória, um estabelecimento cheio de guloseimas, cuja estrutura gira em 360.º e te proporciona uma vista completa da região.

A volta toda dura 20 minutos.

6. Onde aproveitar o ápice do inverno da cidade

Se você quer curtir a neve e brincar de forma espontânea e sem nenhuma amarra, aproveite as estações de esqui de Bariloche não só para aprender a esquiar, mas também para fazer outras atividades, como o tubing e o skibunda.

Conhecer os diversos montes que a cidade tem também é uma experiência e tanto para se fazer no inverno, pois a região, que têm lagos congelados e florestas inteiras cobertas por neve, te proporcionará uma série de momentos únicos – como se você estivesse no topo do mundo.

Como não poderia deixar de faltar, as caminhadas pela cidade te abrirão uma série de oportunidades de conhece-la melhor.

Você vai descobrir cafeterias, restaurantes e as guloseimas que os argentinos fazem tão bem.

churrasco em parrillas argentinas

Créditos: drew benz (Flickr)

7. Aproveite a noite em Bariloche para comer em uma parrilla!

Por falar em guloseimas, existe uma tradição na Argentina chamada parrilla, que é uma forma de assar diversos cortes de carnes em brasa, algo correspondente ao churrasco brasileiro.

É por isso que você não pode deixar de comer em uma parrilla de Bariloche, que mistura os temperos e ingredientes andinos e patagônicos em pratos repletos de sabor e textura.

As carnes, costumam ser assadas por muito tempo, o que dá suculência a cortes que você pode dividir com apenas uma colher.

8. O que muitos não sabem sobre as atividades na neve

Muitas pessoas vão à Argentina, e em especial Bariloche, em busca de momentos mágicos e encantadores na neve.

Tome cuidado ao caminhar pela cidade e evite a todo custo, nos dias mais frios, usar roupas que não sejam impermeáveis, assim como calçados.

Não deixe a neve derreter em suas vestes.

Outro fator que é fundamental saber ao procurar por atividades na neve, é que você pode alugar tanto roupas impermeáveis quanto equipamentos. Não precisa comprar, caso não queira.

As atividades que te exigirão mais esforço físico rapidamente tomarão seu fôlego. Vá com calma até que seu corpo se adapte à nova situação.

Caso ainda não conheça a neve, caminhar em cima dela é tão complicado, quanto caminhar dentro da água do mar, quando ela está na altura de seus joelhos.

Villa la Angostura

9. Que tal uma viagem a Villa la Angostura?

Agora que você conhece um pouco mais de Bariloche e está mais preparado para se divertir com o frio intenso da cidade em julho, que tal dar um pulo em uma das cidades mais belas e próximas da região?

Villa la Angostura é considerada o jardim da Argentina, por tamanha beleza. Na primavera, ela fica repleta de cores que disputam espaço com o verde das árvores.

Mesmo que isso não ocorra no inverno, ela oferece um ar intimista, como uma verdadeira pequena cidade, que merece ser conferido.

Há diversos parques e, também, estações de esqui nos quais você pode explorar ainda mais a beleza da cidade. Aproveite ao menos dois dias, se puder.

10. A capital do chocolate argentino está aqui

Outro fator que torna Bariloche em julho, uma cidade única e divertidíssima, é que ela é considera a capital argentina do chocolate.

Diversas fábricas estão na região, o que pode ser facilmente conferido pela quantidade de lojas de chocolate em suas ruas.

Experimente os diversos sabores e combinações, como as castanhas e pistache com a versão ao leite.

Assim que puder, passe um final de tarde (quando estará para escurecer, pois, os dias são mais curtos do que as noites) em uma loja de chocolate. Experimente a versão quente e derretida.

Onde Reservar Passeios e Serviços com os Melhores Preços?

Organizando sua viagem para a Argentina? Quer economizar na compra dos ingressos para as atrações?

A Civitatis é uma agência de viagens online especializada em passeios e experiências em diversas cidades do mundo todo – 100% confiável.

Além de oferecer centenas de ingressos diferentes (inclusive excursões GRÁTIS), ela consegue um preço único e abaixo do mercado para que você conhecer os principais passeios – com IOF incluso e cancelamento grátis até 48 horas antes da data marcada.

Para te ajudar, a empresa está com promoções relâmpago e com descontos específicos!

Atenção: se quiser garantir o seu desconto, não demore. A promoção irá terminar em 25 de setembro de 2020.

Clique no botão abaixo e reserve agora uma disputada entrada – sem ter que pegar fila na hora.

Neva em Bariloche no mês de julho?

Sim, em Bariloche a probabilidade de neve em julho é grande, apesar de ser apenas no final do mês, quando o inverno começa a ganhar dias ainda mais frios e, por consequência, ganha o seu período de neve, o qual deve ir até o começo de setembro.

Por isso, a neve em Bariloche em julho pode acontecer, sim, com boas chances de você se surpreender ao final do mês com a abertura das pistas de esqui.

Nas montanhas já estará nevando.

O que levar na mala em julho?

Leve roupas quentes e grossas, como calças e blusas para usar por baixo de roupas impermeáveis, do tipo fofo.

Utilize calçados que também não retenham a água.

Acessórios, luvas, cachecóis, toucas e meias de lã são itens praticamente obrigatórios.

Quais são as melhores atrações no mês de julho?

Conhecer os cerros, ou montes, como Tronador, Otto e Catedral, nos quais você encontrará diversas estações de esqui, além de lugares para comer e passar um bom tempo fazendo compras.

O que chama a atenção mesmo nessas atrações é a espetacular vista de toda a região.

Denis

Denis

Sou apaixonado por turismo e cinema, crítico de cinema e publiquei um livro sobre intercâmbio em Londres. Quer conhecer o mundo? Eu te levo!

Wow look at this!

This is an optional, highly
customizable off canvas area.

About Salient

The Castle
Unit 345
2500 Castle Dr
Manhattan, NY

T: +216 (0)40 3629 4753
E: hello@themenectar.com