A alta temporada na Argentina coincide com os meses de maior turismo dos brasileiros, geralmente em julho, dezembro e janeiro.

Buenos Aires é uma das cidades preferidas dos turistas, que lotam os hotéis e aproveitam ao máximo todas as atrações que a cidade tem para oferecer.

Se você está de malas prontas para Buenos Aires, saiba que um roteiro antecipado vai fazer você aproveitar ainda mais a sua viagem.

Preparamos um guia para curtir Buenos Aires em Janeiro ao máximo.

Como Curtir Buenos Aires em Janeiro?

Atrações é o que não falta na capital argentina no mês de janeiro, a cidade toda se prepara para receber milhares de turistas, em sua ampla maioria, brasileiros.

Até o clima beneficia, já que é verão na Argentina, com temperaturas agradáveis.

Se as atrações são o ponto positivo, é preciso também tomar nota de algumas dicas, caso você vai viajar para Buenos Aires na alta temporada.

A dica é pesquisar e se antecipar ao fechar passeios, atrações e visitas guiadas em museus, estádios e shows.

Para te ajudar, vamos mostrar uma lista com ótimas opções para curtir as férias.

1. Casa Rosada

fachada da casa rosada

Créditos: Dennis Jarvis / Flickr

Além de ser a sede do Governo Argentino, a Casa Rosada é um dos pontos turísticos mais visitados em Buenos Aires.

Localizado no coração da Capital Argentina, a visita guiada pela Casa Rosada é muito interessante e conta com grande material histórico.

Considerada Patrimônio Histórico Natural, ela é o local ideal para se visitar durante as férias em janeiro.

As visitas guiadas precisam ser agendadas com antecedência e são gratuitas. A Casa Rosada está localizada na Praça de Maio, Balcarce 50.

2. Obelisco

Talvez o ponto turístico mais conhecido da Argentina, e que é marcado por ser o principal local de encontro da cidade, em comemorações esportivas e também protestos.

Fechado para visitação, é o local preferido para fotos dos turistas, combinados com o clima quente de janeiro.

O Obelisco está localizado na avenida 9 de julho, uma das mais extensas avenidas da América.

3. Caminito

Caminito

Créditos: Fred Matos (Flickr)

A rua mais colorida e animada do bairro de La Boca, um local histórico da capital argentina.

Além das casas coloridas e o grande número de artistas de rua, como dançarinos de tango, sósias e músicos. A rua, que conta com um pouco mais de 100 metros, possui bares, cafeterias e também restaurantes.

Aproveite também para conhecer a feirinha do Caminito, com muitas lembranças a preços populares.

4. Cemitério da Recoleta

É o cemitério mais visitado da América Latina e que recebe centenas de turistas todos os dias, em janeiro.

Inaugurado no ano de 1822, o local hoje conta com o metro quadrado mais caro de Buenos Aires.

É onde estão celebridades argentinas como artistas, ex-presidentes e talvez a mais famosa de todas, Eva Perón.

O cemitério também conta com um museu, que tem a entrada gratuita.

5. La Bombonera

estádio bombonera

Créditos: Allen Chahad (Flickr)

Um dos estádios mais emblemáticos do mundo, pertencente ao famoso Boca Juniors, temido time das Américas e multicampeão.

O estádio chama a atenção pelo seu tamanho acanhado e pela proximidade com o gramado.

A visita guiada é extremamente recomendada, para poder conhecer de perto o gramado, a sala de troféus e o museu do Boca.

Aproveite também para tirar fotos da calçada da fama, que conta com a marca dos pés de Maradona.

6. Centro Cultural Kirchner

Uma das mais belas arquiteturas de Buenos Aires e que conta com grande valor cultural para a capital argentina.

Já foi escritório do presidente Juan Perón durante o seu mandato e também sede da Fundação Eva Perón.

Até hoje é possível visitar as salas usadas pelo casal, inclusive com os mobiliários originais da época.

Aproveite também para conhecer as mais diversas obras de arte do museu, que conta com entrada gratuita.

7. Tierra Santa

entrada la tierra santa

Créditos: jennifer yin (Flickr)

Um dos maiores parques temáticos voltados para a religião de toda a América, com foco no cristianismo, judaísmo e islamismo.

O local conta com réplicas gigantes da Terra Santa, com um Cristo Redentor visível por todo o parque, uma réplica do Muro das Lamentações e da Santa Ceia.

Em janeiro, o parque conta com diversas apresentações teatrais, com show de luzes e feitos especiais.

Parada obrigatória para quem se interessa pelo assunto ou que é devoto das religiões.

8. Galeria Pacífico

Um dos shoppings mais bonitos e mais imponentes da cidade de Buenos Aires, situado na famosa Calle Florida.

Com uma ampla área de alimentação e diversas lojas de roupas, joias, perfumes e artigos diversos, o que chama a atenção é a estrutura do prédio.

Ele é considerado Patrimônio Nacional, e também as lindas pinturas no teto, além de todo o conteúdo artístico presente dentro o shopping.

É um espaço muito bom para poder comprar lembranças a Argentina, e ainda registrar belas fotos.

9. Café Tortoni

interior do café tortoni

Créditos: giselegato (Flickr)

O Café Tortoni é um marco para a cidade de Buenos Aires, e as filas para conseguir a mesa não me deixam mentir.

É a cafeteria mais procura em Buenos Aires, não só pelos turistas, mas também pelos argentinos.

Com 162 anos de história, ele tem diversas opções de alimentos para oferecer, os mais famosos, as empanadas, o café sem igual e o churros com calda de chocolate.

Quando estiver em Buenos Aires em janeiro, a recomendação é se antecipar e chegar cedo, seja para o almoço, para o happy hour ou para o jantar.

O Café Tortoni também conta com lindas apresentações de Tango durante a noite.

10. Jardim Japonês

Um pouquinho da cultura oriental bem no meio de Buenos Aires, com toda a tranquilidade típica dos japoneses.

O Jardim Japonês surgiu no ano de 1967 em Buenos Aires, construído pela grande comunidade japonesa presente na capital, para homenagear o até então Imperador Emérito do Japão, o príncipe herdeiro Akihito.

O Jardim conta com uma natureza abundante, com um lago de carpas ornamentais, diversas pontes com significados holísticos, espécies de plantas e um restaurante japonês.

É o local perfeito para visitar durante o mês de janeiro, que conta com dias ensolarados e com clima quente.

11. Teatro Colón

interior do teatro colón

Créditos: USpecks_Photography (Flickr)

Seja para poder acompanhar concertos das principais filarmônicas do mundo ou pela visita guiada, o Teatro Colón é com certeza uma atração que não pode ficar de fora do seu roteiro.

Ele é considerado um dos mais bonitos e melhores teatros do mundo, com muita história, arquitetura magistral e pelas obras presentes no prédio.

Com mais de 100 anos de história, ele conta com uma das melhores acústicas do mundo, aprovados por tenores famosos como Pavarotti.

Durante sua estadia na cidade de Buenos Aires em janeiro, o Teatro conta com uma agenda especial e também com visitas guiadas.

12. Monumental de Nuñes

Assim com o La Bombonera, o Monumental e Nuñes também é um estádio de muita história em Buenos Aires.

O campo já foi palco da final da Copa do Mundo de 1978, ano do primeiro título mundial da Argentina.

É a casa do River Plate, principal rival do Boca Juniors, e que tem mais de 80 anos de construção.

O clube oferece visitas guiadas pelo estádio, através da arquibancada, do gramado, dos vestiários e também do museu do River.

13. Floralis Generica

visão da floralis genérica durante o dia

Créditos: Paulin Zën (Flickr)

Inaugurada no ano de 2002, a obra do arquiteto Eduardo Catalano representa a importância da natureza para Buenos Aires.

Uma escultura perfeita para premiar uma das cidades com o maior número de praças da Argentina.

Durante o dia, as pétalas mecânicas ficam abertas e, no anoitecer, elas se fecham e a escultura conta com uma iluminação especial.

É um dos pontos turísticos preferidos para fotos e vídeos, especialmente no mês de janeiro.

14. Madero Tango

Se você quer acompanhar um belíssimo show de tango, que conta a história do estilo e também da imigração na cidade de Buenos Aires, você precisa conhecer o Madero Tango.

Ele está localizado no novo bairro de Puerto Madero, que é um dos locais mais visitados por turistas em Buenos Aires.

A casa conta com menus especiais, com a opção de entrada, prato principal e sobremesa, além de bebidas.

A dica é reservar antecipadamente a sua mesa, já que em janeiro os shows são muito concorridos.

15. Museu Nacional de Bellas Artes

Museu Nacional de Belas Artes

Créditos: Floriano Cathala (Flickr)

São obras de Pollock, Morandi, Xul Solar, Odilon Redon, Monet, Portinari, Rodin e Antoine Louis Barye. Por este motivo o Museu Nacional de Belas Artes leva o título, para muitos, como o melhor da América Latina.

Ele conta com 120 anos de história e oferece para o público uma parte do seu enorme acervo que com 12 mil peças.

A entrada para o Museu Nacional de Bellas Artes é gratuita, com a exceção das exposições itinerantes, que podem custar o equivalente de 15 a 30 reais.

16. Plaza de Mayo

Com certeza, a praça mais importante de Buenos Aires, por toda a sua simbologia e também por todos os locais que ela engloba.

Para começar, a Casa Rosada está localizada na Praça, além dela estar bem próxima da Catedral Metropolitana e do Obelisco.

A Plaza de Mayo recebeu este nome em comemoração à independência do país, conquistada exatamente no mês de maio.

17. Puerto Madero

puerto madero

Vista do Puerto Madero

Pela sua proximidade com a área portuária e com o Aeroporto, é um dos primeiros locais visitados pela maioria dos turistas que chegam em Buenos Aires.

Não é só pela proximidade que ele chama atenção, mas também por todas as atrações que oferece, como ótimos bares, restaurantes, lojas, galerias e, claro, shows de tango.

Puerto Madero é um dos bairros mais charmosos e “novos” da cidade, já que era um local de muita degradação, mas que recebeu uma revitalização completa, o que atraiu o comércio, hotéis luxuosos e também mansões.

18. El Rosedal de Palermo

Localizado dentro do Parque Três de fevereiro, no famoso bairro de Palermo, o El Rosedal é o local ideal para quem gosta de jardins e espécies de flores.

Ele conta com uma coleção com mais de 18 mil rosas, de acordo com sua última catalogação.

Declarado Patrimônio Cultural de Buenos Aires, o parque também conta com um anfiteatro, Pátio Andaluz e com o Jardim dos Poetas, famoso pelos bustos de personalidades como William Shakespeare.

A entrada para o parque é gratuita e é um local perfeito para passear com a família.

19. Museo de Arte Latino-americano de Buenos Aires (MALBA)

Museu MALBA

Fachada do museu MALBA

Outro museu muito respeitado de Buenos Aires é o MALBA, ou Museo de Arte Latino-americano de Buenos Aires.

São obras de diversos nomes notáveis da América Latina, como da brasileira Tarsila do Amaral, Frida Khalo, Diego Rivera, Di Cavalcanti, Portinari entre tantos outros.

Os ingressos para o Museu MALBA custam 280 pesos argentinos, cerca de 24 reais. Estudantes, professores e aposentados pagam 140 pesos, o equivalente a 12 reais.

Excursões guiadas a partir de 50 reais.

20. Feira de San Telmo

Se você é daquelas pessoas que adoram uma feira livre, como eu, não pode deixar de conhecer a Feira de San Telmo.

Ela é uma das mais famosas feiras livres de Buenos Aires, já que surgiu no ano de 1930 e continua firme forte até hoje.

A feira conta com artesanatos, artigos de decoração, livros, móveis, quadros, artistas de rua e também alimentação.

21. Casino Puerto Madero

Casino Puerto Madero

Casino Puerto Madero

Quem sabe você viaja para Buenos Aires e volta com uma bolada no bolso? Tudo isso é possível no Casino Puerto Madero.

Sua arquitetura chama atenção a qualquer hora do dia e da noite, ele é constituído por dois navios ancorados no porto.

São diversas máquinas de caça-níqueis, jogos de cartas, roleta e também alguns especiais e exclusivos, com apostas mais altas.

O Casino fica aberto 24 horas, todos os dias.

Vale a Pena Viajar em janeiro para Buenos Aires?

Vale muito a pena visitar Buenos Aires em janeiro, que é o verão argentino, sobretudo por ser alta temporada e pela cidade estar mais animada e com mais atrações.

Com a presença de muitos turistas na cidade, os principais eventos são agendados, além de muitas lojas e atrações oferecem promoções especiais para os viajantes.

Buenos Aires é uma cidade encantadora todos os meses do ano, mas se você gosta de movimento, animação e agito da alta temporada, aproveite o máximo que puder da capital em janeiro.

Boa viagem!

Onde Reservar Passeios e Serviços com os Melhores Preços?

Organizando sua viagem para a Argentina? Quer economizar na compra de passeios incríveis?

A Civitatis é uma agência de viagens online especializada em passeios e experiências em diversas cidades do mundo todo – 100% confiável.

Além de oferecer centenas de ingressos diferentes (inclusive excursões GRÁTIS), ela consegue um preço único e abaixo do mercado para que você conhecer os principais passeios – com IOF incluso e cancelamento grátis até 48 horas antes da data marcada.

Para te ajudar, a empresa está com promoções relâmpago e com descontos específicos!

Atenção: se quiser garantir o seu desconto, não demore. A promoção irá terminar em 30 de setembro de 2020.

Clique no botão abaixo e reserve agora uma disputada entrada – sem ter que pegar fila na hora.

Qual o clima da Argentina em janeiro?

Buenos Aires conta com clima ameno para quente no mês de janeiro, já que é verão na Argentina.

A temperatura média fica nos 25 graus, com máximas de 30 graus e mínimas de 16 graus.

Não costuma chover muito no verão, já que as chuvas são frequentes durante o inverno, mas há possibilidade de garoas de verão durante dia e noite.

O que levar na mala para Buenos Aires em janeiro?

Na questão das roupas, o ideal é apostar em roupas mais leves, como shorts e bermudas para homens, vestidos e saias para as mulheres.

Chinelos, sandálias e tênis esportivos também são indicados. É indicado também pelo menos algumas peças de trajes esporte fino, no caso de shows de tango e apresentações mais formais.

Não se esqueça também de itens de higiene pessoal e filtro solar, já que é muito quente o verão argentino, com dias ensolarados.

Eduardo Godoi

Eduardo Godoi

Jornalista, Músico e um verdadeiro fissurado por Cruzeiros e viagens. Com passagem pelo SBT Campinas como diretor de esportes, adora escrever reviews de viagens e tocar na banda Black Betty, de Campinas.

Wow look at this!

This is an optional, highly
customizable off canvas area.

About Salient

The Castle
Unit 345
2500 Castle Dr
Manhattan, NY

T: +216 (0)40 3629 4753
E: hello@themenectar.com