Na Argentina, Bariloche é um dos destinos mais procurados pelos turistas brasileiros que querem conhecer a neve e aproveitar para fazer atividades relacionadas às belas montanhas dessa cidade.

Existem lugares de Bariloche que merecem a sua atenção e, dentre eles, está Cerro Tronador, no qual você terá uma das mais belas visões de sua vida.

Para tornar a ideia de visitar esse lugar ainda mais interessante, que tal imaginar que você vai ficar em cima de um vulcão adormecido, que não dá sinal de vida há cerca de 10000 anos?

Não se preocupe!

Em Bariloche, além das diversas estações de esqui e de tudo o que você pode fazer na cidade, como compras ou se deliciar com a alta gastronomia, será aqui que você provavelmente se encantará por ter feito a viagem.

Para viajar a Cerro Tronador, é preciso conhecer um pouco de sua história e como ele se tornou um dos lugares favoritos por quem viaja ansioso para ver neve.

Como a história de um vulcão transformou o turismo em Bariloche

Em 1934, o explorador Hermann Claussen estava na região de Bariloche e, ao avistar uma gigantesca montanha, passou a tentar escalá-la. Após diversas tentativas, finalmente conseguiu chegar no topo e, para a sua surpresa, descobriu que aquilo se tratava de um vulcão.

No verão, essa região abriga uma série de aventureiros que, como Claussen, tentam suas vezes ao escalar o Tronador, o qual tem seu espaço dividido entre a Argentina e o Chile, ou seja, se caminhar demais para um lado, você atravessará a fronteira.

Com 3.470 metros de altura, ele está a cerca de 1 km acima dos demais picos de sua região, a qual, aliás, é nada menos do que a Cordilheira dos Andes.

Ou seja, é um dos lugares mais explorados e procurados do mundo inteiro por quem busca por superação.

Desde os anos 30, porém, muita coisa mudou naquela região e o Cerro Tronador se tornou uma visita muito esperada não só por quem quer fazer escalada, mas principalmente por quem quer admirar algo digno de filme: a espetacular vista que o cerca.

cerro tronador 3

Cerro Tronador

Quer aproveitar ao máximo este passeio? Veja o que fazer em Cerro Tronador!

Partindo de Bariloche, uma van vai te levar até Cerro Tronador, o que é, além de muito confortável, um jeito fantástico de aproveitar a vista durante todo o trajeto.

A começar pelos primeiros quilômetros, nos quais ela passará por uma região pobre, conhecida como bairros altos, iniciando o trajeto pela rota 40 até chegar ao início da cordilheira.

Enquanto você é levado, há outros dois pontos que merecem sua atenção e, é claro, sua visita: os morros Otto e Catedral, os quais também têm passeios e proporcionam a incrível sensação de estar no topo do mundo.

Além da van, você precisará pagar, em determinado ponto do trajeto, 65 pesos para continuar o percurso, algo cobrado dos estrangeiros que visitam Cerro Tronador.

Pense pelo lado bom: é nesta parada que estão os primeiros sanitários.

É a partir deste ponto que a paisagem começa a tomar conta de todos os ângulos, pois enquanto a estrada estreita, em determinado momento você conseguirá admirar o Lago Mascardi, para o qual a sua visão será inteiramente possível a partir do mirante local.

É lá que está a curiosa Ilha Coração.

Ao continuar o trajeto, repare na estrada pela qual a van passará, pois, ela foi importante para um período histórico: era por ali que os jesuítas passavam, partindo do Chile até chegar em Bariloche.

A próxima parada fica em Pampa Linda, de onde você conseguirá admirar ainda mais a vista, a qual começa a ficar mais branca conforme a neve do topo de Cerro Tronador se aproxima.

É ali que você ficará por cerca de uma hora, com tempo o suficiente para escolher um dos dois restaurantes para almoçar.

Quando Cerro Tronador se aproxima, sua curiosidade estará a mil

Quando a van estaciona, a expectativa pelo que está por vir, está alta, pois você provavelmente se perguntará: o que mais verei que será tão bonito quanto o que já vi?

Para começar, os mirantes mais próximos do estacionamento te levarão a admirar as geleiras que estão no entorno de Cerro Tronador.

É justamente ali que o nome deste passeio originou, pois, o som da geleira rachando, quebrando e caindo na terra parece ao de um trovão.

Em seguida, esteja preparado para fazer uma pequena caminhada por uma das trilhas locais. Você chegará em Garganta del Diablo, onde se encontra uma cascata feita em consequência ao derretimento do gelo daquele local.

A visão é muito parecida com a quem você poderá ver em um filme repleto de efeitos visuais. A diferença aqui é que tudo é real.

Seus olhos custarão a acreditar no que a natureza pode fazer.

Onde fica Cerro Tronador e como chegar ao local?

Localizado a cerca de 40 km do centro de Bariloche, o passeio é feito todo por uma excursão ao local.

É possível ir por conta, mas é muito arriscado, sobretudo para quem não conhece a região.

Por isso, contrate o passeio no centro da cidade, na Rua Mitre, e vá com conforto e cuidado de quem ainda te guiará com as informações necessárias sobre o local.

cerro tronador 1

Cerro Tronador

Quanto custa e qual o horário de funcionamento?

O passeio com guia e van custa 400 pesos, mas você ainda precisará pagar pelo acesso após a primeira parte da subida, no valor de 65 pesos.

Este passeio ocorre o ano inteiro, independente de como o clima esteja.

Ele começa às 09:00 horas e se encerra às 18:00, mas você chegará ao centro de Bariloche por volta das 20:00 horas.

Onde Reservar Passeios e Serviços com os Melhores Preços?

Organizando sua viagem para a Argentina? Quer economizar na compra dos ingressos para as atrações?

A Civitatis é uma agência de viagens online especializada em passeios e experiências em diversas cidades do mundo todo – 100% confiável.

Além de oferecer centenas de ingressos diferentes (inclusive excursões GRÁTIS), ela consegue um preço único e abaixo do mercado para que você conhecer os principais passeios – com IOF incluso e cancelamento grátis até 48 horas antes da data marcada.

Para te ajudar, a empresa está com promoções relâmpago e com descontos específicos!

Atenção: se quiser garantir o seu desconto, não demore. A promoção irá terminar em 24 de novembro de 2020.

Clique no botão abaixo e reserve agora uma disputada entrada – sem ter que pegar fila na hora.

Ir a Cerro Tronador vale a pena mesmo? Conheça os prós e os contras!

Para definir o quanto vale a pena ir a Cerro Tronador, você precisará pensar em duas etapas.

A primeira tem a ver com a sua disponibilidade, pois o passeio custará um dia inteiro do seu roteiro em Bariloche.

A segunda é o valor e o objetivo de sua viagem.

Para te ajudar a decidir se Cerro Tronador vale a pena, e colocar tudo em uma balança, preparamos duas listas com pontos positivos e negativos.

Pontos positivos

  1. É um dos passeios mais diferentes do que normalmente se conhece de Bariloche, em suas estações de esqui. Aqui você literalmente viaja um nível acima dos demais lugares;
  2. O valor não é alto em relação ao que é cobrado em atividades para fazer na neve. Se você tem disponibilidade financeira, esta é uma atração que vai te proporcionar vistas únicas;
  3. A maior vantagem deste passeio está no caminho até o topo, e em como a natureza transforma lugares tão isolados em verdadeiras obras de arte.

Pontos negativos

  1. Se você não tem muito tempo em sua viagem a Bariloche, talvez este passeio não seja adequado, tendo em vista que te custará um dia inteiro;
  2. Ir com a família nem sempre é o ideal, pois os mais novos e os mais velhos poderão ter dificuldades em passar tanto tempo dentro da van, por mais que ela faça paradas;
  3. É necessário fôlego para subir tão alto e, ainda assim, fazer uma caminhada. Mesmo que curta, pode cansar mais do que parece.

Veredito

Se você pode curtir um passeio diferente dos normalmente oferecidos em Bariloche, como os encontrados nas estações de esqui, esse é um lugar que você jamais se esquecerá.

Portanto, podemos dizer que sim, Cerro Tronador vale a pena conferir.

O caminho é belíssimo e o final é ainda mais surpreendente, pois basta se lembrar que, além das geleiras, florestas, montanhas ao redor e estradas, você estará dentro de um vulcão adormecido.

A sensação é única e merece ser conferida, seja você aventureiro ou não.

É o passeio que torna Bariloche e seu entorno ainda mais especial.

Denis

Denis

Sou apaixonado por turismo e cinema, crítico de cinema e publiquei um livro sobre intercâmbio em Londres. Quer conhecer o mundo? Eu te levo!

Wow look at this!

This is an optional, highly
customizable off canvas area.

About Salient

The Castle
Unit 345
2500 Castle Dr
Manhattan, NY

T: +216 (0)40 3629 4753
E: hello@themenectar.com