Bariloche é considerada uma das cidades mais interessantes da América do Sul, pois sua estrutura é excelente para receber turistas em todo o ano.

Além disso, a beleza da cidade ganha um interessante contraste entre o inverno e o verão, o que possibilita, ainda, o retorno com a sensação de ineditismo.

Uma das grandes dúvidas que surgem é: como chegar em Bariloche.

Há diversas opções, dentre as quais há 5 que são as preferidas.

Por outro lado, tem muita gente que prefere misturar as diferentes formas de viagem para conhecer um pouco mais sobre a Argentina. No final das contas, o que vale é justamente o melhor para você.

Para te ajudar a se organizar, vamos te apresentar as melhores 5 possibilidades e, então, você poderá se planejar para avaliar o que cabe no teu bolso e no teu perfil de viajante.

Bariloche

Bariloche

As 5 Formas de Como Chegar em Bariloche

Lembrando que essas são apenas sugestões.

Particularmente, tenho o perfil que prefere a praticidade. Portanto, no meu caso, seria a opção do avião.

Contudo, colocamos todas as principais opções, para que você possa conhecer e definir por conta própria.

1. A praticidade do avião

Não há jeito mais rápido de como chegar em Bariloche.

Há diferentes caminhos, mas o principal e mais utilizado é o de Buenos Aires.

Se você for do Brasil a Bariloche, é bem provável que sua ida tenha conexão em Buenos Aires e, então, partirá em um voo rápido, de 2 horas, até a cidade das montanhas nevadas.

Contudo, é preciso ter cuidado ao planejar sua ida, pois há dois aeroportos em Buenos Aires e eles não ficam próximos um do outro.

O Ezeiza, principal destino de voos internacionais, fica a mais de 30 km da cidade. O Aeroparque, próximo ao centro da capital, é de onde costumam partir os voos a Bariloche.

Achou confuso? Nem tanto.

O importante é que você se planeje para não deixar que sua conexão tenha menos de quatro horas entre a chegada de um voo e a partida de outro, pois precisará correr com malas e tudo de um aeroporto a outro.

Com a conexão em Buenos Aires, você poderá escolher entre a melhor companhia disponível a partir de seu aeroporto de origem, ainda no Brasil.

Seja como for, a passagem sai, em baixa estação (nos meses que não cobrem o inverno), por cerca de R$ 1.500,00. Já durante o inverno ela pode dobrar.

2. As aventuras de quem aluga um carro

Entre Buenos Aires e Bariloche estão 1600 km. É uma jornada e tanto, caso queira ir de carro, alugando na capital e se aventurando pelo país.

As estradas são bem tranquilas e o caminho vai te proporcionar uma série de paisagens simplesmente inesquecíveis, como vales, montanhas e lagos, além, é claro, das paradas nos melhores pontos para abastecer e se alimentar.

Como a distância é grande, caso decida ir de uma só vez, sua viagem durará por volta de 22 horas.

Se tiver tempo, é altamente recomendável que aproveite a jornada para curtir a aventura e conhecer destinos que muitas vezes estão fora do circuito turístico, mas que se mostram inesquecíveis.

Há diversas empresas de aluguel de carro, mas você deve focar nas maiores e mais conhecidas, que lhe garantem seguros e veículos mais confortáveis e menos rodados, além de haver pontos estratégicos em todo o país.

O aluguel de um carro simples e compacto deve sair em torno de 110 pesos argentinos, mas o preço pode subir de acordo com o veículo.

Se alugar um carro somente para ir e outro somente para voltar, há uma ótima relação entre custo-benefício.

3. O clássico ônibus de Buenos Aires

Outra opção para ir de Buenos Aires até Bariloche pelas estradas da Argentina e curtir o visual das paisagens é o ônibus.

Há opções com leito, o que te garante o máximo de conforto entre um ponto e outro.

No caminho, há algumas paradas e, por ir em velocidade menor do que a de um carro, você chegará em cerca de 35 horas. Se não tiver pressa e preferir curtir a paisagem sem se preocupar com a direção, esta é uma boa opção.

A passagem custa em torno de 3000 pesos, mas vale o conforto e a segurança.

melhores hotéis de Bariloche

Bariloche | Créditos: Victor Garrido (Flickr)

4. Alternativa pelo Chile

Uma das opções para chegar em Bariloche, que saem do óbvio, é ir do Brasil à Santiago, no Chile, ao invés de Buenos Aires, pois a proximidade entre Bariloche e o país vizinho é de menos de 100 km.

Desta forma, você poderá ir do aeroporto de um lugar até o centro da outra cidade de ônibus ou também alugando um carro.

Ao descer no aeroporto chileno, o Puerto Montt, é possível fazer a travessia até Bariloche pelos lagos andinos, indo de Cruce Andino, e ainda curtir o visual de um país para o outro em meio às cordilheiras.

É uma experiência e tanto.

O passeio custa em torno de 700 pesos argentinos, o que, se for demais para o seu bolso, pode ser trocado pela ida de ônibus de Puerto Montt até Bariloche, por cerca de 300 pesos.

Você terá a oportunidade de curtir uma aventura, viajar de avião e ainda mergulhar de cabeça nas culturas de ambos os países bem no meio da divisa.

5. Direto do Brasil

Chegamos a última forma de “como chegar em Bariloche”.

Apesar de ser mais comum ir do Brasil a Buenos Aires e, então, até Bariloche, há voos brasileiros que vão direto para a cidade da neve e do chocolate.

Os voos costumam sair de São Paulo, então talvez você precise fazer uma conexão no Brasil, o que no final das contas pode dar no mesmo.

Tudo vai depender de seu objetivo, então, se este é o seu favorito, por ir direto a Bariloche, você encontrará voos ligeiramente mais caros, que partem de R$ 2.000,00 e que, em baixa temporada, são raros de se encontrar.

Durante o inverno, como Bariloche é um dos principais destinos internacionais dos brasileiros, eles são mais constantes, durando, em média, 4:30 horas, e, também, custando o dobro.

Onde Reservar Passeios e Serviços com os Melhores Preços?

Organizando sua viagem para a Argentina? Quer economizar na compra dos ingressos para as atrações?

A Civitatis é uma agência de viagens online especializada em passeios e experiências em diversas cidades do mundo todo – 100% confiável.

Além de oferecer centenas de ingressos diferentes (inclusive excursões GRÁTIS), ela consegue um preço único e abaixo do mercado para que você conhecer os principais passeios – com IOF incluso e cancelamento grátis até 48 horas antes da data marcada.

Para te ajudar, a empresa está com promoções relâmpago e com descontos específicos!

Atenção: se quiser garantir o seu desconto, não demore. A promoção irá terminar em 15 de agosto de 2020.

Clique no botão abaixo e reserve agora uma disputada entrada – sem ter que pegar fila na hora.

Qual a melhor forma de ir para Bariloche?

A melhor forma de ir para Bariloche vai depender de seu perfil como viajante, pois há cinco opções diferentes, sendo que cada uma delas pode ser combinada com a outra de forma livre.

Contudo, se você prefere rapidez a preços mais em conta, é a versão com conexão em Buenos Aires, indo de avião.

Apesar de precisar ir de um aeroporto a outro, é mais rápido e mais barato.

Agora, se o seu estilo é aventureiro, vá de carro a partir de Buenos Aires. A natureza e a estrutura das cidades argentinas não vão te decepcionar.

Como ir do Brasil para Bariloche?

Há cinco diferentes opções de ir do Brasil a Bariloche, quase todas com conexão em Buenos Aires. A principal delas é sair do solo brasileiro, descer e Buenos Aires e pegar outro avião até Bariloche.

Se preferir, faça a sua conexão no Chile, pois o aeroporto de Puerto Montt é muito mais próximo de Bariloche. De lá, você pode ir de carro, ônibus ou atravessando os lagos andinos.

Quantas horas de voo do Brasil para Bariloche?

A partir de São Paulo, de onde costumam sair os voos diretos do Brasil para Bariloche, você vai levar cerca de 4:30 horas de um ponto a outro, além do tempo de embarque e desembarque.

Como ir de ônibus para Bariloche?

Há duas formas principais de ir de ônibus a Bariloche.

A primeira delas é ir de Buenos Aires, em um ônibus que leva cerca de 35 horas para chegar, pois, ele tem paradas e, também, vai em velocidade reduzida em relação aos carros.

A segunda é do Chile, do aeroporto Puerto Montt, que leva cerca de 2 horas.

Denis

Denis

Sou apaixonado por turismo e cinema, crítico de cinema e publiquei um livro sobre intercâmbio em Londres. Quer conhecer o mundo? Eu te levo!

Deixe um comentário

Wow look at this!

This is an optional, highly
customizable off canvas area.

About Salient

The Castle
Unit 345
2500 Castle Dr
Manhattan, NY

T: +216 (0)40 3629 4753
E: hello@themenectar.com