Mendoza está localizada na parte centro-norte da província de mesmo nome, na Argentina, que conta com quase 120 mil habitantes.

Já a província, chamada de Grande Mendoza, conta com mais de 1 milhão de habitantes, a quarta maior área metropolitana do país.

Além de ser uma das cidades favoritas para mochileiros e escaladores, geralmente a caminho do Aconcágua, ela também é muito procurada pelos amantes de vinhos.

Ela é a maior produtora de vinho da América Latina e também se destaca pela produção de azeite.

Além disso, a cidade conta com muitas opções de turismo, o que acaba atraindo cada vez mais turistas.

O Que Fazer em Mendoza no Inverno?

O clima em Mendoza é árido, e conta com muitas oscilações durante o ano todo, com muitas chuvas, clima seco e até neve.

Durante a primavera e o verão em Mendoza, as temperaturas chegam facilmente aos 25 graus, e são estações que contam com chuvas praticamente todas as semanas, o que acaba aliviando um pouco o calor.

Já o inverno, além de frio abaixo de 10 graus, conta com um clima bastante seco, com poucas chuvas.

Mendoza é uma cidade que conta com neve também, ocorrendo geralmente duas vezes ao ano.

Quais são as melhores atrações para se curtir em Mendoza no inverno? Vamos agora falar um pouco mais sobre o que você vai encontrar nesta bonita província localizada na Argentina.

Lembrando que também temos um guia geral sobre a cidade aqui.

1. Puente del Inca

Puente del Inca

Créditos: Jorge Luis Mallavia (Flickr)

A Puente Del Inca é um dos pontos turísticos mais conhecidos de Mendoza, localizado quase na fronteira com o Chile.

Ele está a 183 quilômetros da capital Mendoza, mas mesmo com a distância de quase duas horas, muitos turistas visitam a área natural que é protegida.

Se trata de uma ponte com formação natural sobre o Rio Las Cuevas, com 48 metros de comprimento, 28 de largura e a 27 metros sobre o rio.

É um lugar que garante paisagens maravilhosas, rende ótimas fotos, especialmente das estalactites que decoram naturalmente o local.

Hoje, a área próxima conta com hotéis que se beneficiam com o benefício da proximidade da atração, da vista e também das águas termais da região.

No povoado próximo, é possível fazer compras nas feiras de artesanato com diversos souvenirs do local, vale a pena conferir.

2. Enoturismo

A cidade de Mendoza é a principal região produtora de vinho da Argentina e uma das principais da América do Sul, e mais da metade dos turistas da cidade vão procurando um passeio em especial: o enoturismo.

O enoturismo tem sido muito procurado devido as diversas atrações que as vinícolas estão oferecendo, algo que possa ser feito em família também, e não só pelos adultos.

As experiências vão de degustação de vinhos com empanadas, almoço e jantar completo, além de passeios de bicicleta, a cavalo, piqueniques, tratamentos em spa e harmonizações com as suculentas carnes argentinas.

A época da vindima, que é a colheita das uvas, acontece entre fevereiro e março, os meses que contam com mais atrações, como a Festa da Vindima, que movimenta muitos moradores e turistas desde o ano de 1936.

Com duração de três dias, o evento conta com música ao vivo, feiras, muita carne e, claro, muita uva e vinho.

As principais vinícolas próximas de Mendoza, localizadas em Luján de Cuyo e Maipú, contam com muitas atrações e é possível curtir o passeio durante o dia inteiro.

Uma ótima atração para aproveitar Mendoza no inverno.

3. Estação de Esqui de Los Penitentes

los penitentes

Créditos: Raffaele Nicolussi (Flickr)

Não é só em Bariloche que se esquia na Argentina.

Localizada a 180 quilômetros da capital de Mendoza, a Estação de Esqui de Los Penitentes é uma excelente atração para toda a família.

A estação de Mendoza conta com pistas dedicadas tanto para iniciantes como para esquiadores mais avançados.

Ela está localizada na Ruta Internacional, quilômetro 161, e a pista mais longa de esqui conta com 7 mil metros de extensão.

Ao todo são 27 quilômetros de pistas coberta de gelo, sendo que 10 quilômetros são de pistas apenas para iniciantes.

Além de contar com toda estrutura de lojas com aluguel de equipamentos e roupas, o preço para esquiar é muito mais em conta em comparação à Bariloche, por exemplo.

Enquanto o preço em Bariloche varia em torno dos 800 pesos na alta temporada, em Los Penitentes o valor varia entre 180 e 250 pesos, o equivalente de 13 a 18 reais por pessoa.

Outra atração muito recomendada é o topo do El Lomo, que é possível visitar com o teleférico. A vista das montanhas é incrível.

Se você está no centro de Mendoza, é possível visitar Los Penitentes e voltar no mesmo dia, uma viagem que dura cerca de 4h30, ida e volta.

Caso prefira, a estação conta com bons hotéis no seu entorno.

4. Museu Municipal de Arte Moderna

Localizado na Praça da Cidade, é o principal museu de Mendoza e conta com grande acervo da arte local, desde o ano de 1930.

São diversas pinturas, esculturas e manifestações plásticas, divididas em várias salas.

Um dos destaques é a exposição histórica de xilografia, que é a técnica de gravura na qual se utiliza madeira como matriz e possibilita a reprodução da imagem gravada sobre o papel ou outro suporte adequado.

O museu também conta com uma biblioteca, uma sala de vídeos e também uma sala de usos múltiplos.

5. Parque General San Martin

praça general san martín

Créditos: Patricio Sánchez (Flickr)

Chamado anteriormente de Parque Mendoza, o atual General San Martin é o principal e mais antigo parque da cidade argentina.

Ele conta com incríveis 307 hectares de áreas cultivadas, além de 17 quilômetros de trilhas, em um espaço de muita natureza.

Ele é tão grande que, em seu interior, estão localizados o Estádio Malvinas Argentinas e também a Universidade Nacional de Cuyo.

Outro destaque é que suas trilhas e caminhos acabam praticamente nos pés das Cordilheiras dos Andes.

É um local muito visitado por famílias, durante a manhã e também no fim da tarde, que geralmente conta com muitos corredores e esportistas.

É bastante frequentado também pelos argentinos nos finais de semana, onde fazem piqueniques e churrascos em família.

Além de contar com pistas de skate e para ciclistas, o parque frequentemente conta com apresentações musicais, de danças folclóricas e também de orquestras.

Também dentro do parque estão situados um zoológico, o Museu de Ciências Naturais e Antropológicas, o anfiteatro do Teatro Grego Frank Romero Day e um clube de golfe.

O parque tem entrada gratuita e fica aberto 24 horas/dia, com exceção do zoológico, do museu, da universidade e do estádio.

6. Las Termas Cacheuta

Uma ótima opção para se curtir no inverno de Mendoza, são as águas termais do Parque de Águas Termas Cacheuta, que está localizado a apenas 38 quilômetros.

É um local muito bonito, com um visual incrível da Cordilheira dos Andes, além das famosas águas termais.

Não é só isso que o parque oferece para os turistas. São atividades como tirolesa, rafting no rio Mendoza, palestras na montanha, passeios a cavalo, caminhadas, piscina com ondas e uma praia artificial.

Outro destaque fica por conta da gastronomia, com muitas opções locais e internacionais.

O parque também conta com ótimas opções de hotéis, podendo ser dentro ou fora do parque, todos eles com spa.

As entradas para o parque variam de acordo com o dia e com a temporada, podendo ser com passeios guiados ou não.

As tarifas custam entre 350 e 800 pesos argentinos, o que equivale de 26 a 60 reais, com atrações pagas a parte dentro do parque.

Ele está localizado na RP82, Km 39, Luján de Cuyo.

7. Mendoza Zoo

zoológico de mendoza

Créditos: Alberto Rojas Jiménez (Flickr)

Uma das atrações para poder curtir com a família em Mendoza, mesmo no inverno, é o Mendoza Zoo.

Aberto durante a estação das 9 da manhã até 5 da tarde, é a oportunidade de ver leões, ursos, aves, macacos entre outros animais.

Ao todo, são 48 hectares com mais de 6 quilômetros de comprimento, com espécies nativas e exóticas.

Para curtir o zoológico são três opções de passeios, de 1, 2 ou 3 horas, sendo o último o mais completo.

Os valores são muito convidativos, de 10 até 25 pesos argentinos, o equivalente de 75 centavos de real até R$1,80.

O zoológico de Mendoza está localizado na Avenida el Libertador, 4400.

8. Paseo Peatonal Sarmiento

Quer algo melhor do que fazer compras no inverno? O local ideal para se fazer compras em Mendoza é na chamada Paseo Peatonal Sarmiento, ou Rua de Pedestres.

É nela que estão localizados os principais shoppings, como o Mendoza Plaza Shopping.

É uma rua que conta também com diversos restaurantes e cafés, locais ideais para curtir o inverno de Mendoza.

Aproveite para caminhar entre as lindas árvores, tirar muitas fotos no trajeto e, claro, provar os cafés, o doce de leite e o vinho famoso da cidade.

A Rua dos Pedestres está localizada na Paseo Sarmiento 42.

9. Cerro de la Glória

cerro de la glória

Créditos: RolAdn (Flickr)

A cidade de Mendoza, além de todas as atrações, é muito bonita e conta com ótimas vistas.

Um lugar perfeito para poder conhecer a cidade com uma vista panorâmica é o Cerro de la Glória, uma colina localizada no Parque General San Martin.

Lá de cima, é possível ver toda a cidade, uma vista incrível das cordilheiras ao longe e também o monumento ao Exército dos Andes.

Este monumento é obra de Juan Manuel Ferrari, um escultor uruguaio, que comemora os 100 anos da travessia dos Andes pelo exército liderado por José de San Martin.

É um dos principais pontos turísticos da Argentina, já que o monumento está até estampado no verso das notas de 5 pesos.

10. Mendoza Municipal Aquarium

O Aquário Municipal de Mendoza é uma das atrações turísticas mais antigas da Argentina, já que ele foi inaugurado em 1945.

É um local que conta com diversas espécies locais, de água doce e salgada, com peixes exóticos, muitos do rio Paraná e também uma tartaruga que tem 90 anos.

O Aquário conta também com um anfiteatro, 3 lagos, 36 telas de LED com diversos textos explicativos e interativos, além de um terraço com jacarés e repteis.

É um passeio muito bom para ir com a família, mesmo no inverno.

O Aquário abre todos os dias e conta com valores de 13 a 27 pesos argentinos, equivalente de 97 centavos a 1 real.

O Mendoza Municipal Aquarium está localizado na rua Tuzaingó, 1425.

Como Aproveitar Melhor a cidade de Mendoza no inverno?

O inverno em Mendoza é propício para aproveitar os esportes na neve, portanto não deixe de conhecer a Estação de Esqui de Los Penitentes.

Embora Mendoza não seja tão frio como Bariloche, vá preparado para enfrentar temperaturas abaixo dos 10 graus.

No inverno, a temperatura raramente passa dos 10 graus, então capriche nas roupas pesadas.

Na estação de esqui você pode alugar roupas próprias para o esporte, então não é preciso levar roupas muito pesadas, acarretando mais peso na sua bagagem.

Em qualquer atração que você esteja em Mendoza, sempre tenha em mãos uma garrafa d’água, já que o inverno é muito seco na província argentina, e é bom se manter sempre hidratado.

O inverno é uma ótima época para poder conhecer as vinícolas e aproveitar os pacotes com almoço ou jantar, com harmonização e também delícias argentinas, como empanadas e as parrillas.

Veja tambémComo ir de Buenos Aires para Mendoza: As 3 Principais Escolhas dos Viajantes

Onde Reservar Passeios e Serviços com os Melhores Preços?

Organizando sua viagem para a Argentina? Quer economizar na compra de passeios incríveis?

A Civitatis é uma agência de viagens online especializada em passeios e experiências em diversas cidades do mundo todo – 100% confiável.

Além de oferecer centenas de ingressos diferentes (inclusive excursões GRÁTIS), ela consegue um preço único e abaixo do mercado para que você conhecer os principais passeios – com IOF incluso e cancelamento grátis até 48 horas antes da data marcada.

Para te ajudar, a empresa está com promoções relâmpago e com descontos específicos!

Atenção: se quiser garantir o seu desconto, não demore. A promoção irá terminar em 28 de setembro de 2020.

Clique no botão abaixo e reserve agora uma disputada entrada – sem ter que pegar fila na hora.

O que fazer em Mendoza no inverno?

Um dos passeios mais indicados é conhecer a Estação de Esqui de Los Penitentes, que conta com ótimos valores, que vão de 13 a 18 reais por pessoa.

Quando é inverno em Mendoza?

O inverno em Mendoza começa no final de julho e termina no mês de setembro. As temperaturas variam entre 0 e 10 graus.

Qual a melhor época para viajar para Mendoza?

Qualquer época do ano é boa para conhecer Mendoza, mas o inverno é muito procurado por coincidir com a época da colheita das uvas (temos um guia completo).

O que levar na mala para Mendoza em junho?

Ideal é levar roupas de frio para Mendoza em junho, mas algumas roupas mais leves também, já que é outono na Argentina e as temperaturas variam entre os 13 e 20 graus.

Eduardo Godoi

Eduardo Godoi

Jornalista, Músico e um verdadeiro fissurado por Cruzeiros e viagens. Com passagem pelo SBT Campinas como diretor de esportes, adora escrever reviews de viagens e tocar na banda Black Betty, de Campinas.

Wow look at this!

This is an optional, highly
customizable off canvas area.

About Salient

The Castle
Unit 345
2500 Castle Dr
Manhattan, NY

T: +216 (0)40 3629 4753
E: hello@themenectar.com