Enquanto você planeja sua viagem para a Argentina, diversas dúvidas devem surgir, sobretudo sobre as melhores épocas para viajar ao país.

Não é segredo que neva na Argentina em várias cidades do país, o que atrai milhares de turistas todos os anos porque é justamente por lá que o inverno encontra o charme de cidades que sabem receber muito bem seus visitantes.

Por tudo isso, então, fica a questão: onde tem neve na Argentina?

É muito simples: ao planejar sua viagem, você pode encontrar a neve em diversas estações de esqui pelo país. Dessa forma, você também encontra as cidades e pode conhecer um pouco mais sobre elas.

Para te ajudar com isso, preparamos várias dicas neste pequeno guia para curtir neve na Argentina em suas cidades mais famosas.

A melhor época do ano para curtir neve na Argentina

Enquanto planeja seus dias de esqui nas montanhas da Argentina, você pode se perguntar sobre a melhor época do ano para curtir neve por lá.

Como a Argentina está colada ao Brasil, ou seja, faz parte do hemisfério sul do planeta, seu inverno é o mesmo do nosso. Começa no final de junho e termina no final de setembro.

Há dias quentes, como em boa parte da América do Sul, mas não tanto quanto o verão brasileiro. Porém, como a Argentina começa na altura do Paraná e vai até o extremo sul do continente, há regiões nas quais o frio é extremo.

A região andina, por exemplo, une a parte árida ao frio de suas montanhas, algo comum no Chile, país vizinho. A Patagônia, porém, traz a novidade de estar consideravelmente próxima da Antártida.

As 7 maravilhosas cidades da Argentina que nevam e merecem sua visita

Há dezenas de cidades na Argentina nas quais a neve é comum. No inverno, todas elas se preparam para manter o dia a dia normalmente, dentro do que a grande quantidade de gelo permite, é claro.

Há cidades nas quais você vai sentir a verdadeira mágica da neve, pois elas unem o conforto de infraestrutura bem-feita para receber turistas, com a beleza de suas paisagens e as diversas atividades para você curtir.

Por isso, agora você vai conhecer 7 maravilhosas cidades que nevam e merecem sua visita.

1. Mendoza

Cidade Mendoza

Mendoza

Esta é uma das mais belas e visitadas cidades argentinas, talvez a segunda em questão de fama, pois a sua beleza vem conquistando tantos fãs quanto as tribos da neve e do vinho.

Mendoza está localizada muito próxima à Cordilheira dos Andes, e isso significa que a cidade mantém temperaturas baixíssimas durante a temporada fria do ano.

Além disso, ela é a maior produtora de vinhos do país, sendo mundialmente reconhecida por suas bebidas, que chegam às mesas do mundo inteiro porque são provenientes das famosas 1000 vinícolas da cidade.

Se tiver a oportunidade de conhecer Mendoza, passe pelo menos dois dias por lá, sendo um para visitas suas vinícolas – e degustar, é claro – e o segundo para esquiar.

Há diversas estações de esqui, mas a mais famosa delas fica a algumas dezenas de quilômetros da cidade, em Penitentes. Não perca a oportunidade.

2. Córdoba

Cidade Cordoba

Cordoba

Córdoba é conhecida em toda a América Latina por sua beleza natural e por reunir, junto a ela, sua história que leva o turista a conhecer a época da colonização, com os passos que os jesuítas deram.

Se você quer conhecer neve e pensou em Córdoba, a primeira coisa que precisa fazer, antes de ir para lá, é pesquisar a previsão do tempo. Como a cidade fica mais ao centro do país, é possível que o frio não seja tão forte.

Em muitos invernos, a neve não é tão recorrente como em outras cidades do país, mas isso você consegue solucionar em uma pesquisa rápida, além de entrar em contato com a própria hospedagem que pretende ficar lá.

Independente da neve, há motivos o suficiente para você conhecer Córdoba: história, beleza natural, gastronomia e a proximidade com outras cidades que nevam com mais frequência.

3. Bariloche

Cidade Bariloche

Bariloche

A neve em Bariloche é garantida. A cidade fica à beira da Cordilheira dos Andes, então suas diversas montanhas estarão cobertas por gelo, o que garante a você paisagens branquíssimas.

Se prepare para curtir a cidade mais famosa da Argentina quando o assunto é esqui. Como há muitas estações por lá, com cerca de 120 quilômetros de pistas de esqui, não vão faltar lugares para você aprender e praticar o esporte.

Além da neve, a cidade conta com uma excelente infraestrutura. Hotéis, restaurantes, casas noturnas e cafeterias compõem o cenário, pois é certeza de que você encontrará pessoas do mundo inteiro. A cidade é muito famosa.

Com as temperaturas podendo chegar a -10 °C no inverno, é bom você ir preparado com as roupas mais quentes e impermeáveis que encontrar.

Veja também: Como ir de Buenos Aires para Bariloche: conheça as melhores opções!

4. Ushuaia

Cidade Ushuaia

Ushuaia

Não há o que falar de Ushuaia se o assunto que você busca é neve na Argentina. A cidade é coberta de neve em quase todo o ano, tendo o ápice do frio por lá durante o inverno, quando suas montanhas ficam completamente brancas e os lagos, congelados.

A magia de Ushuaia está em sua localização: ela é a última cidade do continente americano, a mais próxima da Antártida, o que por si só já indica o quanto é frio por lá.

Pisar nesta cidade significa que você chegou ao fim do mundo, ao extremo de um gigantesco continente que encontrou, na Argentina, o caminho para te mostrar um mar gelado, com a possibilidade de encontrar baleias e pinguins.

Aproveite para registrar sua passagem por lá, pois é um feito e tanto pisar em Ushuaia. Apesar de pequena, a cidade conta com boas opções de hospedagem.

5. San Martín de los Andes

Cidade San Martin de los Andes

San Martin de los Andes

A belíssima San Martín de los Andes parece ter saído de uma daquelas animações nas quais as princesas vivem em um reino gelado. A vista da cidade é completamente cheia de neve.

Entre as árvores e o chão brancos, há uma impressionante tonalidade azul, como se um cristal estivesse refletindo sua luz em toda a região. Isso não é parte de nenhum efeito visual. É real.

Há cerca de 25 pistas de esqui por San Martín de los Andes, dentre as quais está a mais famosa delas, Chapelco. Além do esqui, você vai encontrar o Parque Nacional Lanín, onde há um vulcão!

Entre tantos ângulos para se impressionar, lembre-se de curtir a cidade com roupas bem quentes, impermeáveis e confortáveis, além de óculos escuros, para se proteger do frio e do reflexo de tanto branco, que pode prejudicar sua vista.

6. Villa la Angostura

Villa la Angostura Cidade

Villa la Angostura

Villa la Angostura é uma pequena região que faz parte da província de Neuquén, mas que merece sua atenção pelo charme e por contar com neve quase o tempo inteiro.

Como fica em uma altitude considerável, suas montanhas fazem parte do cenário, mesmo quando você estiver no chão. Para curtir a região, há diversas trilhas que você pode fazer, sempre acompanhado por um guia local.

Se você for a Villa la Angostura para esquiar, o local não decepciona. Há algumas estações de esqui, mas é recomendável que você conheça Cerro Bayo, a mais bonita e bem estruturada delas.

7. Esquel

cidade esquel

Esquel

Outra pequena localidade, desta vez uma cidade, que está ao lado da Cordilheira dos Andes, é Esquel. Acredite: aqui faz muito frio.

Por ser montanhosa e por estar em uma das regiões mais frias do planeta, o ano inteiro é propício para você conhecer neve, mas é preciso dizer que você precisa estar preparado para pisar em um chão fofo de tanta neve.

Para aproveitar a região, então, é recomendável que você contrate um guia, além de manter os pés em chão firme quando não estiver acompanhado.

Não se preocupe: tanto frio é certeza de neve, o que indica que há algumas boas estações de esqui, dentre as quais se destaca La Hoya.

Se quiser conhecer mais sobre a região, vá ao Parque Nacional Los Alerces, no qual há uma incrível vida selvagem à sua disposição. É diferente conhecer a flora e a fauna de uma região tão gélida.

Onde Reservar Passeios e Serviços com os Melhores Preços?

Organizando sua viagem para a Argentina? Quer economizar na compra dos ingressos para as atrações?

A Civitatis é uma agência de viagens online especializada em passeios e experiências em diversas cidades do mundo todo – 100% confiável.

Além de oferecer centenas de ingressos diferentes (inclusive excursões GRÁTIS), ela consegue um preço único e abaixo do mercado para que você conhecer os principais passeios – com IOF incluso e cancelamento grátis até 48 horas antes da data marcada.

Para te ajudar, a empresa está com promoções relâmpago e com descontos específicos!

Atenção: se quiser garantir o seu desconto, não demore. A promoção irá terminar em 25 de setembro de 2020.

Clique no botão abaixo e reserve agora uma disputada entrada – sem ter que pegar fila na hora.

Como se Alimentar nas Cidades que Nevam?

Como você pode ver até aqui, há diversas cidades da Argentina nas quais a neve faz parte do cenário, sendo que em algumas delas ela é presente o ano inteiro.

A dúvida que fica é: como se alimentar?

Não é difícil, tendo em vista que os argentinos, assim como os brasileiros, gostam de comer bem.

Há restaurantes com pratos típicos de cada região, sendo que parte deles se divide entre cortes de carnes e ensopados. Caso você não esteja acostumado com tanto frio, comece sua experiência com a segunda opção.

Lembre-se sempre de ter uma bebida quente em mãos, seja um café, chá, chocolate quente ou até mesmo algo alcoólico, como vinho ou whisky. Tome cuidado para não cair em tentação de beber demais e não curtir a experiência.

Onde ficar nas Cidades argentinas que Nevam?

Se você está planejando ficar na Argentina por mais de sete dias, o ideal é que faça um roteiro muito bem estruturado ainda no Brasil.

Não caia em tentação para improvisar sua hospedagem, sobretudo se não estiver sozinho. Imagine não encontrar um quarto em meio à neve, enquanto uma criança está com frio, e quer esquentar e descansar.

Por isso, procure por hospedagens que estejam dentro de seu planejamento financeiro. Há opções que fogem dos hotéis mais caros, como pousadas, hostels e até mesmo aplicativos, como o Airbnb.

Como preparar a mala para curtir a neve na Argentina?

Sua mala precisa conter roupas grossas que esquentem muito, pois a exposição em baixíssimas temperaturas pode não só te fazer passar frio, mas prejudicar sua pele e, é claro, sua saúde.

A chamada segunda pele, um tecido que você veste em formato de calça e de camiseta de manga comprida, e que fica colado ao corpo, pode ser o primeiro passo.

Além dela, casacos, gorros, luvas, cachecóis, meias grossas e botas precisam compor sua mala. A recomendação é que os casacos sejam, de preferência, impermeáveis.

Caso tenha dificuldade em encontrar essas roupas no Brasil, você pode optar por comprar pela internet ou, se for a Buenos Aires antes, encontrará diversas lojas cujos preços são acessíveis e possuem uma boa qualidade.

Quais são os meios de transporte para ir às cidades que nevam?

Se você for a Buenos Aires primeiro, é recomendável que você alugue um carro, para que assim você possa se locomover tranquilamente pelo país.

Há diversas estradas que poderão estar comprometidas pela neve, então você deve ficar de olho na previsão do tempo e planejar suas idas e vindas muito bem.

Caso não queira ter esse trabalho, há ônibus que podem te levar para as cidades que nevam de forma independente, ou em excursões. A opção mais cara e rápida, é utilizando aviões também.

Chocolate quente ou vinho argentino?

Parece uma questão simples e de fácil escolha, mas é, na verdade, uma questão de gosto e de ocasião.

Você vai viajar acompanhado? Se sim, será um interesse amoroso ou estará em família?

Caso você queira experimentar os diversos e incríveis vinhos argentinos em suas diversas paradas, isso será mais difícil se estiver com as crianças. Dessa forma, idas a vinícolas ou saídas noturnas podem ser prejudicadas.

Por outro lado, há como encontrar o meio-termo, indo a cafeterias e restaurantes mais versáteis, nos quais há bebidas para as crianças, como o chocolate quente, à sua disposição.

Quem sabe você mesmo não se rende ao quentinho do chocolate.

Tem neve em Buenos Aires?

Muitas pessoas pensam que neva em toda a Argentina, mas não é bem assim. Buenos Aires, a capital e maior cidade do país, não neva. Contudo, isso não quer dizer que não faz frio. No inverno, a temperatura chega tranquilamente a 0 graus à noite.

Qual é a cidade mais próxima de Buenos Aires e que neva?

Apesar de Buenos Aires fazer bastante frio, a cidade mais próxima de Buenos Aires que neva é Mendoza. Além de bela, com suas 1000 vinícolas, ali você vai encontrar diversas estações de esqui. A cidade está a cerca de 1200 quilômetros da capital.

Quando tem neve na Patagônia argentina?

Para curtir a neve na Patagônia argentina, você precisa ficar de olho na previsão do tempo e pesquisar como foram os invernos anteriores. Isso porque a neve costuma chegar já no meio do inverno, no final de julho, se estendendo até o início de setembro.

Quando tem neve em Bariloche?

Apesar de ser uma das mais famosas cidades do mundo por ter diversas estações de esqui, em Bariloche não neva o tempo inteiro. Quando o inverno começa, é preciso ir para lá em meados de julho.

O melhor a fazer é ficar de olho na previsão do tempo e pesquisar como foram os invernos anteriores.

Denis

Denis

Sou apaixonado por turismo e cinema, crítico de cinema e publiquei um livro sobre intercâmbio em Londres. Quer conhecer o mundo? Eu te levo!

Wow look at this!

This is an optional, highly
customizable off canvas area.

About Salient

The Castle
Unit 345
2500 Castle Dr
Manhattan, NY

T: +216 (0)40 3629 4753
E: hello@themenectar.com