El Calafate é uma cidade pequena, da Patagônia Argentina, cujo tamanho pode ser medido pela quantidade de moradores: cerca de 22 mil pessoas.

O que tem de tão especial, então, uma cidade tão pequena? Tudo.

Principalmente o seu redor, repleto de história e paisagens simplesmente inigualáveis.

Como o turismo é o grande chamariz da cidade, você vai encontrar uma excelente infraestrutura para se hospedar e comer, ainda que simples.

O que um dia foi uma gigantesca fazenda de criação de velhas, correspondente a 40 campos de futebol, hoje é um dos lugares mais belos para conhecer a região.

Quem chama mesmo a atenção em El Calafate é o Parque Nacional Los Glaciares, com a terceira maior geleira do mundo.

O que Fazer em El Calafate? Como Aproveitar ao Máximo?

Calafate é uma pequena fruta, que lembra uma amora, e que tem de forma generosa em toda a região. Daí surgiu o nome dessa cidade, tão visitada e, ainda assim, árida e charmosa.

À noite o frio costuma ir para baixo do zero, e durante o dia a máxima fica em 10 °C.

Com isso em mente, é possível saber que, para ir para lá, você precisa ter roupas quentes o suficiente.

Além disso, leve consigo itens como óculos escuros e protetor solar, pois o frio é tão intenso que pode queimar sua pele e retina. É bom se proteger.

Desta forma, andar pela cidade é muito simples: ela conta com apenas duas avenidas principais, a Av. Julio Roca e a Av. del Libertador General San Martín.

É justamente entre uma avenida e outra que ficam as hospedagens, que vão de pousadas a hostels. Escolha a que mais combinar com seu estilo e bolso e aproveite.

Veja, a seguir, os melhores passeios para curtir em El Calafate.

1. Glacial Perito Moreno

Glacial Perito Moreno

Glacial Perito Moreno

Já pensou em visitar uma geleira que só é menor que o Polo Norte e a Antártica?

Com uma superfície de 70 metros de altura e 5 km de extensão, a Glacial Perito Moreno é um dos principais motivos pelos quais as pessoas vão a El Calafate.

Ela fica dentro do Parque Nacional Los Galciares e a melhor opção para chegar até lá é indo com uma excursão, pois somente um guia saberá te apresentar tanto a história quanto o seu tamanho.

São 600 pesos o ingresso, o que vale cada centavo diante do que você vai admirar como algo que parece ter saído de um filme. Para chegar até lá, você vai rodar cerca de 80 km.

Além de toda a visão que você terá da gigantesca área glacial, há as chamadas Passarelas Perito Moreno, através das quais você tem uma visão ainda mais ampla e repleta de adrenalina.

São escadarias e passarelas unidas que te darão a oportunidade de conhecer todo o trajeto dessa parte do parque, feitas de madeira e aço, com 7 km de extensão.

O gelo é tão branco que chega a ser azulado, em um reflexo do céu diante de sua pureza. Algo que dificilmente você verá novamente, a não ser que vá à Antártica ou ao Polo Norte.

2. Laguna Nimez

Laguna Nimez

Laguna Nimez

Dentro de El Calafate, existe um lugar chamado Laguna Nimez, um verdadeiro santuário de aves, que vão até à região durante determinadas épocas do ano, partindo logo em seguida para outras partes da Patagônia.

Para visualizá-las, alugue um binóculo e curta a experiência, na qual é bem provável que você consiga enxergar os flamingos que costumam ficar na região.

Além disso, o Laguna Nimez é uma reserva natural, com mais de 2,5 km de extensão, cuja dimensão pode ser apreciada em trilhas e mirantes, o que torna toda a experiência ainda mais desafiadora.

Vá preparado para isso.

Apesar de ser um lugar para que você apenas possa observar as diversas espécies de pássaros, o Laguna Nimez vai te surpreender se você tiver a sorte de ir em momento de dizer adeus à luz do dia.

O pôr do sol é um espetáculo visual, cujas cores alaranjadas da fauna e das montanhas se contrastarão à lagoa e ao céu, enquanto diversas tonalidades de amarelo transforma tudo em um quadro pintado à mão.

3. Punta Gualicho

No Lago Argentino, localizado a cerca de 8 km de El Calafate, existe um lugar chamado Punta Gualicho, que é a composição de várias cavernas às margens do lago, com pinturas rupestres feitas pelos primeiros habitantes da região, milhares de anos atrás.

O local foi descoberto em 1877 e, desde então, é uma das atrações mais interessantes que você conseguirá conhecer em sua vida, pois a história da humanidade está contada ali, literalmente, em desenhos nas paredes.

Precisa estar incluso na lista do que fazer em El Calafate.

Como se não bastassem as pinturas que retratam os primórdios da humanidade, há diversas possibilidades de caminhadas, sendo algumas delas mais aventureiras, que te levarão ao topo de montanhas e das próprias cavernas.

A natureza fala mais alto por ali e, apesar de ser um lugar tocado pelo homem, é ironicamente a visão de tudo ao seu redor que te fará respirar fundo e viver o momento. Você estará em um dos lugares mais interessantes de toda a Argentina.

4. Estância Cristina

Estancia Cristina

Estância Cristina

Em uma antiga fazenda de criação de ovelhas, fundada em 1914, está a Estância Cristina, um gigantesco vale correspondente a 30 campos de futebol e que hoje faz parte dos pontos turísticos de El Calafate.

Isolado, você não ouvirá nada além do vento zunindo em seu ouvido, o que indica o quanto aquela fazenda é importante para a preservação ambiental, além de proporcionar uma vista incrível do vale glacial.

Ainda na Estância Cristina, você conseguirá fazer passeios a cavalo ou trekking, o que complementa as atividades ao ar livre em uma das áreas mais isoladas do mundo.

E, para fechar a visita com chave de ouro, que tal ficar um pouco por ali, aproveitando o visual que mais parece um perfeito cenário de filme e, ainda por cima, contando com quartos e serviços de alimentação inesquecíveis? Difícil recusar.

5. Glacial Upsala

Glacial Upsala

Glacial Upsala

Por falar em vale glacial, que tal conhecer um dos maiores da América do Sul, cuja proporção é de 765 km²?

Assim é o Glacial Upsala, que ainda proporciona a experiência de andar de caiaque em meio aos icebergs da região e, quem sabe, avistar uma baleia por lá.

Aqui também é um dos lugares do mundo nos quais você consegue ver efeitos práticos do aquecimento global, pois a gigantesca geleira diminui ano a ano.

Definitivamente você precisa adicionar à lista do que fazer em El Calafate.

Com tudo isso, o Glacial Upsala parece cenário de filme que se passa em outro planeta, pois este lado do Lago Argentino se transforma em uma sucessão de visões de glaciares tão interessantes quanto belos, esculpidos pela própria natureza.

O nome veio de uma universidade da Suécia, que o descobriu no início do século XX e que, desde então, é estudado por diversas instituições do mundo.

6. Balcones de El Calafate

Balcones de El Calafate

Balcones de El Calafate

O Balcones de El Calafate é um passeio feito em veículos 4 × 4, por trilhas, os quais te levarão a um ponto arqueológico essencial em toda a região.

Você conseguirá visualizar o Lago Argentino de lá e toda a sua imensidão, sendo coberto, do outro lado, pela Cordilheira dos Andes e seus glaciares.

Dependendo do tempo, sua visão é maior, mas geralmente o que você conseguir ver será uma gigantesca área branca, sendo ela encobrindo montanhas ainda maiores de um lado, ou um lago do outro.

Justamente por ser um passeio demorado, o Balcones de El Calafate é o tipo de atração que precisa se reserva. Mas acredite: vale a pena fazer isso muito tempo antes.

A duração é de 3:30 horas, sendo feito em apenas dois horários por dia: às 10:00 horas e às 15:00.

Você contornará o Lago Argentino e passará por diversas atrações, o que serve como uma espécie de Buenos Aires Bus, mas em El Calafate. Aproveite para apreciar a paisagem com calma e muita atenção.

7. Glaciarium

Glaciarium

Glaciarium

Aqui está um passeio didático, pois o Glaciarium é um museu que explica os detalhes de toda a região e suas geleiras, assim como toda a formação do mundo.

Além disso, você vai poder desfrutar de bons drinques no Glaciobar, um bar feito com gelo glacial e que te fará escolher a bebida mais alcoólica para esquentar seu corpo.

Além disso, o Glaciarium é o tipo de museu que desperta interesse nos mais diferentes perfis, pois seu propósito é que o visitante interaja com o conteúdo.

Através de atividades, palestras e observações, você poderá compreender melhor a importância da preservação ambiental, mas de forma literalmente presencial, pois, a exemplo do Glaciar Perito Moreno, ele está logo ali.

Onde Reservar Passeios e Serviços com os Melhores Preços?

Organizando sua viagem para a Argentina? Quer economizar na compra de passeios incríveis?

A Civitatis é uma agência de viagens online especializada em passeios e experiências em diversas cidades do mundo todo – 100% confiável.

Além de oferecer centenas de ingressos diferentes (inclusive excursões GRÁTIS), ela consegue um preço único e abaixo do mercado para que você conhecer os principais passeios – com IOF incluso e cancelamento grátis até 48 horas antes da data marcada.

Para te ajudar, a empresa está com promoções relâmpago e com descontos específicos!

Atenção: se quiser garantir o seu desconto, não demore. A promoção irá terminar em 28 de setembro de 2020.

Clique no botão abaixo e reserve agora uma disputada entrada – sem ter que pegar fila na hora.

Onde fica a cidade e como chegar até ela?

Você pode ir a El Calafate de avião, tendo em vista a distância da cidade de Buenos Aires e o tempo que levaria para chegar lá.

O aeroporto fica a apenas 23 km da cidade, o que pode ser feito em micro-ônibus ou vans que vão de um lugar a outro. Para voltar, a mesma coisa.

Como comer bem em El Calafate?

Apesar de pequena, El Calafate é uma cidade que atrai milhares de turistas todos os anos e os hospeda muito bem. Isso significa, também, que seus restaurantes estão preparados para oferecer deliciosos alimentos.

Desde bebidas e sobremesas com a fruta calafate, até a geleia para você comprar e levar como lembrança de sua viagem, há outras diversas opções que tornarão sua experiência mais confortável.

Sorveterias, chocolaterias e confeitarias fazem a alegria dos amantes de doces, o que aqui tem de forma abundante, sendo praticamente todos feitos de maneira artesanal.

Além disso, os restaurantes são impecáveis, sendo a especialidade da região a truta pescada por lá e os cortes de cordeiro regionais, macios e suculentos. Todos em pratos requintados e deliciosos.

Denis

Denis

Sou apaixonado por turismo e cinema, crítico de cinema e publiquei um livro sobre intercâmbio em Londres. Quer conhecer o mundo? Eu te levo!

Wow look at this!

This is an optional, highly
customizable off canvas area.

About Salient

The Castle
Unit 345
2500 Castle Dr
Manhattan, NY

T: +216 (0)40 3629 4753
E: hello@themenectar.com