Com uma área de 1.043.000 quilômetros quadrados, a Patagônia é tão grande que abrange 5 províncias argentinas e o lado leste da Terra do Fogo.

Ela também engloba 4 regiões no vizinho Chile, além de um sítio arqueológico de Monte Verde e a Ilha Chiloé, a oeste da Terra de Fogo.

É um local surpreendente, sobretudo pelas lindas paisagens de lagos, geleiras e da cordilheira dos andes.

Além do bonito cenário, prepara-se também para encontros incríveis com leões-marinhos, pinguins, baleias e lobos-marinhos.

O Que Fazer na Patagônia?

Será que vale a pena conhecer a Patagônia, um lugar tão inóspito e longínquo?

A viagem é mesmo longa, é um pouco mais cara do que outras viagens pelas cidades argentinas, mas, quer saber?

Vale cada centavo, pois é um destino imperdível que quem faz uma vez, sempre quer voltar.

Faça trilha pelas geleiras, montanhas, pontos quase que desconhecidos pelo homem entre dois lindos países, e com a Cordilheira dos Andes como “backdrop”.

Conheça agora um pouco mais das atrações e veja por que você precisa conhecer a Patagônia.

1. Parque Nacional Los Glaciares

Glacial Perito Moreno

Situado a sudoeste da Província de Santa Cruz, o parque conta com um exuberante lago argentino, rodeado pelos glaciares Perito Moreno, Spegazzini, Upsala e Onelli.

É um dos passeios favoritos para quem quer conhecer uma geleira de perto e registrar belas fotos.

A natureza ao redor do parque também chama a atenção, pela flora e pela fauna, que conta com condores, cervos andinos, touro selvagem, o puma, entre diversas outras espécies.

As coníferas da Patagônia também são grandes destaques do local.

O passeio pode ser feito por qualquer idade, apenas é recomendado ir na primavera ou verão, já que o inverno é bastante rigoroso.

2. Cerro Fitz Roy

Cerro Fitz Roy

Cerro Fitz Roy

O Monte Fiz Roy é uma das montanhas mais deslumbrantes, localizada bem na fronteira entre argentina e Chile.

O monte conta com uma altitude de 3375 metros, com um visual incrível e, em sua base, a Laguna de Los Tres, um lindo lago de cor azulada.

Até a base do monte Fitz Roy, é uma caminhada até 1200 metros de atitude, e a escalada do pico é recomendada apenas para profissionais.

O Fitz Roy é uma das montanhas mais difíceis do mundo para a prática da escalada.

3. Parque Nacional Los Arrayanes

Los Arrayanes

Los Arrayanes

Outro passeio perfeito é através do Parque Nacional Los Arrayanes, na Patagônia Argentina, e que fica a 25 quilômetros de Bariloche.

Muitos turistas brasileiros chegam até o parque através de catamarãs, que saem de Bariloche até a Península de Quetrihue.

O local, inclusive, conta com uma história inusitada, já que todos os guias contam que o personagem Bambi foi inspirado neste bosque, depois de uma visita de Walt Disney na Argentina.

Você deve adicionar o local na lista do que fazer na Patagônia, para aproveitar com a família, sobretudo, com os filhos.

4. El Calafate

El Calafate

El Calafate

El Calafate é uma cidade pequena, porém muito acolhedora da Patagônia Argentina, que conta com muitas atrações de lazer, bem no meio da natureza.

Além de contar com o Parque Nacional Los Glaciares, o número um da nossa lista, a cidade também conta com a Laguna Nimez, uma reserva natural conhecida pelo seu santuário de aves.

Outro destaque fica por conta do Punta Gualicho, um prato cheio para os arqueólogos de plantão, já que lá estão presentes cavernas com diversas pinturas rupestres de milhares de anos.

Não deixe de fazer um passeio também pela Glacial Upsala, uma aventura de barco ou iate próximo aos icebergs.

5. Península Valdés

Peninsula Valdes

Península Valdés

Se você já sonhou em ver de perto uma baleia, golfinhos, pinguins e outros animais provenientes do sul, você precisa conhecer a Península Valdés, na Patagônia Argentina.

Com uma área de cerca de 4 mil quilômetros quadrados, ela foi considerada Patrimônio Mundial no ano de 1999.

Além de baleias, golfinhos e pinguins, é possível avistar também leões-marinhos e diversas aves de migração.

É um passeio muito recomendado para se fazer em família, especialmente para aqueles que gostam de animais marinhos.

6. El Chaltén

El Chalten

El Chalten

El Chaltén é uma das mais novas cidades da Argentina, muito procurada por aficionados por trekking.

A cidade conta com paisagens surpreendentes, e é o ponto de partida para diversos lagos, montanhas e trilhas desafiadores.

El Chatén é ponto de partida para destinos incríveis como a Laguna de Los Três e base Fitz Roy, Laguna Torre, Miradores Los Cóndores e Las Águilas, Chorrillo Del Salto e Laguna Capri.

Se procura aventura, precisa adicionar a cidade na lista do que fazer na Patagônia.

7. Parque Nacional Torres del Paine

Torres del Paine

Torres del Paine

Localizado na Patagônia do lado Chileno, o Parque Nacional Torres del Paine conta com atrações como lindas montanhas, geleiras e icebergs.

As Torres del Paine são destaque: 3 torres de granitos icônicas, que deram nome ao Parque.

Outro destaque fica por conta dos picos em formato de chifre, chamados de Cuernos del Paine.

Claro, a fauna do local também é exuberante, com destaque para os guanacos, animais andinos parecidos com as famosas lhamas.

8. Parque Nacional Vicente Pérez Rosales

Vicente Perez Rosales

Vicente Perez Rosales

Também localizado na Patagônia Chilena, o parque nacional Vicente Pérez Rosales está na província de Llanquihue, e foi criado no ano de 1926, sendo o mais antigo do Chile.

Em uma área de mais de 250 mil metros quadrados, o local é caracterizado pela cascata em um canyon, onde diversas atividades aquáticas são praticadas.

Caique, pesca esportiva, montanhismo e escalada, rafting e trekking são as opções que você vai encontrar no Parque Nacional.

É um passeio indicado para toda a família, mas tem que gostar de aventura.

9. Ushuaia

Ushuaia

Ushuaia

Uma das cidades mais conhecidas e mais visitadas da Argentina, que conta com diversos nomes: Terra do Fogo, Fim do Mundo, Cidade Austral, entre tantos outros.

Para descrever a beleza de Ushuaia, só é preciso uma palavra: magistral.

Além de uma das mais bonitas, também é a cidade mais fria da Argentina, o que favorece diversas espécies de animais como pinguins e leões marinhos.

Se você gosta de esportes radicais como canoagem e esqui, Ushuaia conta com diversas estações, todas elas com lojas e restaurantes.

A rede hoteleira de Ushuaia também oferece boas opções, desde os populares albergues até os hotéis mais luxuosos.

10. Pucón

Pucon

Pucón

Você pensou que vai encontrar apenas frio na Patagônia?

A cidade de Pucón no lado chileno é considerada a capital da aventura do país, além de contar com diversas águas termais, para fugir do frio vindo da Cordilheira.

A cidade é muito visitada durante o verão, sobretudo as praias do lago, para um bom mergulho e também para a prática de canoagem.

Durante o inverno, o trekking e o esqui são as melhores opções.

Nas trilhas, é possível acompanhar a bela fauna da cidade, que conta com raposas, veados e também pumas, este último, apesar de lindos, é melhor não cruzar seu caminho.

Localizada a 15 quilômetros do vulcão Villarica, Pucón é uma ótima opção para adicionar na lista do que fazer na Patagônia, seja no frio ou no calor.

Veja tambémQual é a Melhor Época para ir a Patagônia?

Onde Reservar Passeios e Serviços com os Melhores Preços?

Organizando sua viagem para a Argentina? Quer economizar na compra de passeios incríveis?

A Civitatis é uma agência de viagens online especializada em passeios e experiências em diversas cidades do mundo todo – 100% confiável.

Além de oferecer centenas de ingressos diferentes (inclusive excursões GRÁTIS), ela consegue um preço único e abaixo do mercado para que você conhecer os principais passeios – com IOF incluso e cancelamento grátis até 48 horas antes da data marcada.

Para te ajudar, a empresa está com promoções relâmpago e com descontos específicos!

Atenção: se quiser garantir o seu desconto, não demore. A promoção irá terminar em 30 de setembro de 2020.

Clique no botão abaixo e reserve agora uma disputada entrada – sem ter que pegar fila na hora.

Quantos dias é o ideal para Patagônia?

Para poder aproveitar todas as atrações da Patagônia na Argentina, o indicado é de 4 a 7 dias. Para roteiros maiores, passando pelo Sul do Chile, o indicado é de 7 a 15 dias.

Onde está localizada a Patagônia?

A Patagônia está localizada na Argentina e no Chile, bem ao sul da Cordilheira dos Andes. u00a0

O território argentino conta com desertos e vegetação árida, enquanto a parte chilena conta com florestas temperadas e fiordes glaciais.

Quanto custa uma viagem para Patagônia?

A viagem de avião para a Patagônia saindo do Brasil, com conexão em Buenos Aires, custa em torno de 2 mil reais por pessoa, somente ida.

Eduardo Godoi

Eduardo Godoi

Jornalista, Músico e um verdadeiro fissurado por Cruzeiros e viagens. Com passagem pelo SBT Campinas como diretor de esportes, adora escrever reviews de viagens e tocar na banda Black Betty, de Campinas.

Wow look at this!

This is an optional, highly
customizable off canvas area.

About Salient

The Castle
Unit 345
2500 Castle Dr
Manhattan, NY

T: +216 (0)40 3629 4753
E: hello@themenectar.com