Para que a viagem a Buenos Aires seja ainda melhor, que tal planejar os seus dias por lá com os detalhes do que pode fazer e, assim, aproveitar mais o seu tempo?

Isso pode te ajudar a ter uma visão mais ampla do que você precisa organizar, como arrumar suas malas e saber um pouco mais sobre as atrações turísticas que a cidade tem.

O resultado é uma viagem com tempo otimizado, ou seja, você vai curtir mais e aproveitar os momentos livres para viver de forma espontânea.

Desta forma, para te ajudar com isso, preparamos um roteiro de Buenos Aires em 5 dias, para você aproveitar a cidade ao máximo e saber, inclusive, onde ficar (falaremos no final).

Dia 1: momento para se familiarizar com Buenos Aires

Ao chegar em Buenos Aires, você vai precisar conhecer sua hospedagem, desfazer as malas, organizar seus itens pessoais e, só então, pensar se quer sair naquele momento ou não. Aliás, é bem provável que você tome um bom banho quente antes de qualquer coisa.

Se você chegou à noite, aproveite para descansar e renove suas energias para, no dia seguinte, aproveitar melhor. Se chegou durante o dia e tem disposição, que tal conhecer as redondezas da hospedagem e bater perna pela cidade?

Puxe conversa com os funcionários do hotel, pois eles podem te dar dicas exclusivas para aproveitar melhor a cidade.

Para este roteiro, o seu primeiro dia só começará no dia seguinte, o primeiro dos cinco. Desse jeito, você tem um dia inteiro planejado para aproveitar Buenos Aires.

Café da manhã no hotel

A primeira manhã é para curtir a infraestrutura de sua hospedagem. Acorde cedo, revigorado, tome um banho, escolha a roupa ideal para a temperatura do dia (veja a previsão em seu próprio celular) e vá tomar um café reforçado.

No próprio hotel ou hostel, veja o horário em que a refeição é servida e aproveite para comer bem.

É fundamental que você aproveite esse período, pois além de estar incluso em sua diária, te dará energia para curtir o dia inteiro.

Outro fator que faz toda a diferença é que você já começa a aproveitar os regionalismos de Buenos Aires, pois o seu café e tudo o que estiver à disposição para você comer será a sua primeira incursão na culinária local.

Bater perna pelos passeios gratuitos

A melhor forma de conhecer uma cidade é explorando seus detalhes, o que você pode fazer batendo perna por Buenos Aires. Desta forma, é importante que esteja vestido de acordo com o clima e com a disposição que tiver para caminhar.

Nesta primeira manhã, que tal bater perna pela cidade, tomar um ônibus de um ponto a outro, andar de metrô e conhecer os principais monumentos, praças com histórias antigas, as ruas diferentes do comércio local, assim como igrejas e outros detalhes?

Conheça Buenos Aires caminhando pela cidade, aproveitando seu clima e o lado cultural e arquitetônico que tomam conta de seus edifícios e ruas. É um jeito perfeito de começar a sua viagem e aproveitar a primeira manhã na capital argentina.

Almoçar em um restaurante barato

Se as suas expectativas para conhecer cada vez mais a cidade são altas, é agora que, enquanto caminha, você vai conseguir encontrar um bom lugar para almoçar. Que seja, de preferência, barato.

A cidade está repleta de lugares com comidas típicas, com o toque portenho que inclui suas descendências italianas e espanholas. Há estabelecimentos, inclusive, com preços bastante atraentes.

Assim você tem a oportunidade de explorar um pouco mais a cidade.

Conhecer um museu

Após o almoço, seja onde estiver, é bem provável que esteja próximo de um dos diversos museus que a cidade tem. Faça sua primeira visita cultural em Buenos Aires e conheça, assim, um lugar diferente.

Minha dica é para que você conheça o Centro Cultural Recoleta, cujo espaço e importância são gigantescos para a cidade, assim como toda a região na qual está instalado.

Tomar café em Recoleta

Há muitas cafeterias pela cidade, o que significa que os argentinos amam café tanto quanto nós, brasileiros.

Aproveite que está na região de Recoleta e procure por uma das diversas cafeterias do bairro. É uma delícia experimentar o café argentino.

Aliás, tomar um bom café te ajuda a conhecer mais sobre os hábitos dos portenhos, pois, além de beber algo bastante popular para eles, você ainda pode experimentar, ali, um alfajor argentino. Deu água na boca?

Jantar em uma parrilla

Depois de relaxar em uma cafeteria, curtindo tudo o que a região de Recoleta tem a oferecer de bom, que tal aproveitar ainda mais?

Você já deve ter percebido o quanto os argentinos amam diferentes cortes de carne, o que significa que você pode aproveitar este primeiro dia e mergulhar de cabeça em um delicioso jantar.

Na própria região em que estiver, se quiser aproveitar mais, após o café procure no mapa online ou perambulando pelas ruas (ou perguntando para alguém nativo) onde fica uma boa parrilla.

As parrillas são como churrascarias para os argentinos. Por isso, é dia de jantar uma boa carne portenha.

Alternativas de passeios:

  • Manhã: ir até Tigre e curtir o passeio Delta do Tigre de barco.
  • Tarde: almoçar na região e curtir o Puerto de Frutos.
  • Noite: visitar o cassino e experimentar os quitutes locais de Tigre.

Dia 2: chegou o momento de explorar a cidade para conhecer mais

No segundo dia do roteiro em Buenos Aires, chegou a hora de explorar mais do que o centro. Afinal, a cidade tem tanto a oferecer que será difícil você segurar suas pernas para não ir além do que já conhece.

Por isso, o segundo dia é o momento de se aventurar, de conhecer novos lugares e se divertir com as belezas que a cidade têm para te apresentar.

Café da manhã na cidade

Que tal sair do hotel antes do café da manhã?

Aproveite a cidade para tomar café em algum lugares diferente de Buenos Aires, pois assim você vai conseguir conhecer pessoas novas e detalhes que somente os moradores sabem sobre a capital.

Há diversos locais diferentes, com uma grande variedade de alimentos, além de conforto e aconchego para começar o dia bem.

Visita a Recoleta e almoço no local

Recoleta é um dos bairros mais interessantes de Buenos Aires.

É lá que fica a incrível livraria El Ateneo, eleita uma das mais belas do mundo. De mesmo nome, também há o cemitério local, no qual você pode fazer um tour para conhecer suas curiosidades.

Aproveite as belezas de atrações como a Igreja Nossa Senhora de Pilar, Museu Nacional de Belas Artes, Biblioteca Nacional, a linda e curiosa escultura automatizada, Floralis Generica.

Como se não bastasse a quantidade de lugares para você conhecer, aproveite o Centro Cultural Recoleta e seu entorno para almoçar. Com diversas opções de comidas típicas, é uma oportunidade e tanto de se integrar à cidade.

Uma cerveja em um dos bares

Como Recoleta é o bairro que você não vai conseguir conhecer em um único período do dia, uma das dicas que podemos te dar é a de mergulhar de cabeça na região.

Use boa parte de sua manhã para conhecer seus museus e outras atrações turísticas, aproveite para almoçar em um de seus restaurantes, e passe a tarde desfrutando de seu lado verde.

Para fechar o dia, vá a um dos diversos bares locais para tomar uma boa cerveja e relaxar depois de um longo dia de turismo.

Bater perna pela Avenida Alvear

Passear pela Avenida Alvear é uma atração à parte, principalmente à noite. Com suas construções imponentes, como é o caso da própria Embaixada do Brasil, a arquitetura de toda a região é belíssima, digna de grandes fotos.

Lugares como o Alvear Palace Hotel, dentre tantos outros, vão te fazer parar por alguns minutos para admirar a paisagem.

Alternativas de passeios:

  • Manhã: aproveitar a cidade e curtir um café da manhã em um de seus famosos hotéis, como o Alvear Palace Hotel.
  • Tarde: curtir um pouco os shoppings, para conhecer as lojas de roupas e itens de turismo.
  • Noite: bater perna à beira do Rio de la Plata e tirar fotos, começando pelo pôr-do-sol.

Dia 3: os grandes pontos turísticos temáticos

Buenos Aires é mundialmente conhecida por sua beleza arquitetônica e pelos grandes passeios que proporciona aos turistas de todos os cantos.

Há muitas opções na cidade, além de haver conteúdo para todos os gostos possíveis. No terceiro dia do roteiro de Buenos Aires, então, chegou a hora de explorar ainda mais seus detalhes.

Que tal comer muito bem e conhecer uma das regiões mais curiosas do país?

Começaremos pelo famoso bairro La Boca.

La Bombonera

Este é o estádio de um dos times mais reconhecidos do mundo, o Boca Juniors. Desde a década de 40, está ali para proporcionar muita emoção aos amantes de futebol.

Por isso, se você tem curiosidade de conhecer um pouco mais sobre o time e, por consequência, sobre a própria cidade, saiba que aqui há um passeio especial.

Trata-se de um tour, que vai te levar ao museu do Boca, os vestiários e parte da arquibancada, além do próprio gramado. Um passeio e tanto para os amantes de futebol!

Caminito

O Caminito nada mais é do que uma rua com algumas dezenas de metros, repleta de casas coloridas e atrações para os turistas que por ali passam.

Se você pensa que é apenas uma pegadinha para quem por ali passa, está enganado. Há diversas lojas com artesanatos feitos em madeira e couro, além de quitutes regionais.

Há, também, artistas de rua com suas performances inesquecíveis. Eles são do tango, do teatro, da música e de outros estilos de arte, como pinturas e esculturas.

Vale a pena caminhar tranquilamente pela região do Caminito e desfrutar de um verdadeiro ponto turístico tradicional.

Puerto Madero

A região de Puerto Madero esteve praticamente abandonada até os anos 90, quando a região passou por um processo de reestruturação, o qual atraiu grandes restaurantes e redes hoteleiras.

Hoje, é o bairro com os lugares mais chiques da cidade.

Como se isso não bastasse, há uma grande variedade de casas de tango e de restaurantes para você não deixar sem curtir o seu terceiro dia de visita.

Reserva Ecológica de Buenos Aires

Depois do almoço, que tal curtir uma grande imersão à natureza e tudo o que ela tem de melhor a oferecer?

Assim é a Reserva Ecológica de Buenos Aires, em Puerto Madeiro, à beira do Rio de la Plata. Aproveite uma tarde gostosa de sol por ali, pois assim você vai conseguir ver e fotografar um inesquecível pôr-do-sol.

Jantar em Puerto Madero

Com tantos restaurantes inesquecíveis e reconhecidos como os melhores da América Latina, jantar em Puerto Madero será apenas consequência de seu espetacular dia.

Escolha uma das opções que combinem com o seu bolso e estilo.

Pratos nacionais, europeus ou de outras partes da América Latina estão em Puerto Madero.

Alternativas de passeios:

  • Manhã: curtir Temaikén, um dos parques temáticos mais famosos da Argentina, além de ter verdadeiras aulas de conscientização com o meio ambiente.
  • Tarde: almoçar em Temaikén, aproveitar o restante do parque e curtir as atividades com os animais locais.
  • Noite: no Centro Cultural Recoleta, curtir a Fuerza Bruta, espetáculo simplesmente extraordinário que envolve teatro, dança e música em ambiente interativo e imersivo. Consulte a programação.

Dia 4: está chegando a hora do adeus, mas ainda não

Está chegando a hora de dar adeus a Buenos Aires, mas ainda restam dois dias para você aproveitá-los.

Por isso, o quarto dia do nosso roteiro de Buenos Aires, será repleto de atividades que te levarão tanto para o delicioso lado gastronômico da cidade quanto por suas histórias e passado.

Café da manhã no hotel

Acorde cedo, aproveite para tomar um banho revigorante e organizar suas roupas com calma. Desça, desfrute do café do hotel e se prepare para um dia cheio de atividades.

Chegou a hora de conhecer uma das regiões mais tradicionais e respeitadas da cidade, o bairro San Telmo.

Feira de San Telmo

Em todos os domingos do mês ocorre uma feira na região de San Telmo cuja tradição começou há cinquenta anos. É a feira de antiguidades, que conta com centenas de quiosques e barracas com artigos tão antigos quanto inusitados.

Para participar da feira, o expositor passará por uma avaliação, cujo fiscal avaliará se os produtos à venda são antigos mesmo. Eles precisam ter, no mínimo, setenta anos.

É um lugar que merece uma visita com calma, durante a parte da manhã, quando ainda não está tão cheia.

La Brigada

Para aproveitar que você está em San Telmo, conheça o La Brigada, uma parrilla (o correspondente argentino para churrascaria) especial.

Com mais de 30 cortes de carnes, é aqui que eles encontram um cardápio repleto de sabor e suculência. Há, também, uma cartela com cerca de 20 rótulos de vinho. Nada melhor para um domingo especial, não?

Conheça a Mafalda e o La Historieta

A Mafalda é uma figura nacionalmente admirada, e mundialmente cultuada. Nasceu na década de 60, em tirinhas de jornal, e desde então se tornou uma forma inteligente e crítica de analisar o mundo.

Nada mais justo, então, do que conhecer a figura em carne e osso. Ou melhor, em escultura.

A partir dela, aliás, você pode iniciar um tour chamado La Historieta, percorrendo um caminho a pé para conhecer outras figuras de histórias em quadrinho da Argentina.

Começa em San Telmo e termina em Puerto Madero.

Feira de Mataderos

Além da Feira de San Telmo, você vai encontrar, na parte da tarde, a Feira de Mataderos, que também ocorre em todos os domingos do mês.

Ao invés de antiguidades, ela tem tudo o que a cultura gaúcha, por parte da Argentina, pode oferecer.

De danças a laceado de cavalos, com carnes grelhando à moda parrilla e tudo o que o figurino manda.

Señor Tango

Em um dia tão especial e repleto de atividades que te farão mergulhar na cultura argentina, nada melhor, então, do que uma noite de tango especial.

Vá ao Señor Tango, a mais famosa casa de shows da cidade. O espetáculo possui jantar completo, oferecido em cardápio exclusivo da casa, e com uma apresentação de tango que conta até mesmo com cavalos e fumaça.

O espaço é gigantesco e o ambiente é requintado, contando até mesmo com mezanino.

Alternativas de passeios:

  • Manhã: aproveite para realizar um dos diversos city tours pela cidade. Existe a versão com os tradicionais pontos turísticos da cidade.
  • Tarde: depois do almoço, então, você pode curtir um city tour com o lado B de Buenos Aires, feito por quem mora lá e que vai te apresentar as opções que somente os moradores conhecem.
  • Noite: como alternativa ao Señor Tango, o Catulo Tango é uma tradicional casa de show, mais reservada e acessível. Se preferir outros estilos de shows (como os mais clássicos, por exemplo), pode conferir outras opções de tango em Buenos Aires.

Dia 5: hora de se despedir, mas respirando ar puro

Com certeza Buenos Aires te levou a diversas aventuras, não é mesmo? Ainda tem mais!

O quinto e último dia completo deste roteiro de Buenos Aires vai te levar à natureza que um bairro tão especial como Palermo consegue reunir de forma tão bela e acessível.

Café em Palermo

Que tal aproveitar o último dia para acordar cedo mais uma vez? Agora, ao invés de ir ao restaurante do hotel, você vai até Palermo, um dos bairros mais belos de Buenos Aires, e conhecerá uma de suas charmosas cafeterias.

Bosques de Palermo

Depois do café da manhã, os Bosques de Palermo estarão à sua disposição para que você os explore. Conhecido também como Parque Tres de Febrero, trata-se de uma área de 25 hectares em Buenos Aires.

São três parques em um só lugar: o Jardim Botânico, Jardim Japonês e El Rosedal, cada um mais bonito que o outro, cada qual merecendo pelo menos uma hora para aproveitar um pedaço de sua área verde.

Ou seja, o quinto dia é para andar bastante, então vá de maneira confortável!

Almoço em Villa Crespo

Depois de explorar os Bosques de Palermo, vá até à região de Villa Crespo, uma área também charmosa, mas menos visitada de Buenos Aires.

Por lá, escolha um de seus diversos restaurantes. Almoce com a certeza de que terá um momento de paz em seu dia, pois por aqui não costuma haver muvuca.

Além de tranquilos, os restaurantes de Villa Crespo possuem culinária tão única que dali já saíram grandes chefs para outros lugares, mais renomados. Ou seja, é certeza de que você vai comer muito bem.

Museu Evita e café

Existe um lugar na região de Palermo que merece ser visitado com certo preparo.

O Museu Evita, que homenageia a grande Eva Perón, assim como sua trajetória, e que conta com arquivos de diversas situações violentas enfrentadas pelo país em uma de suas ditaduras.

O local é muito agradável e conta, ainda, com uma cafeteria própria, na qual você pode passar o final de tarde conversando e experimentando as bebidas quentes e as guloseimas que servem ali.

Jantar no Cabaña Las Lilas e Puente de la Mujer

Para finalizar sua noite e te garantir uma volta ao hotel para descansar, que tal curtir mais um pouco da região de Puerto Madero, no renomado e delicioso restaurante Cabaña Las Lilas?

Experimente ao menos um de seus cortes de carne.

De quebra, ao fundo de sua janela fica a belíssima Puente de la Mujer, marco de toda a cidade com a retomada da região.

Alternativas de passeios:

  • Manhã: o Buenos Aires Bus é uma das melhores alternativas para você rodar toda a cidade e, inclusive, descer e embarcar novamente quando quiser. Os ingressos podem valer para 24 ou 48 horas.
  • Tarde: conheça outro grande e importante estádio da cidade, o Monumental de Nunez, lar do River Plate.
  • Noite: não perca a oportunidade de conhecer a Pizzaria La Mezzetta, uma verdadeira relíquia de Buenos Aires, que conta com uma das pizzas mais saborosas de todo o país.

Dicas de Hospedagem em Buenos Aires

Uma parte importante do roteiro de Buenos Aires, é decidir sobre o bairro que você ficará.

Buenos Aires é uma cidade enorme, com bairros mais tradicionais próximos ao centro e outros mais distantes. Em ambos há uma grande rede hoteleira disponível para ficar.

Como decidir? É uma tarefa simples, que envolve uma pequena equação.

Quantas pessoas vão viajar com você? Quantas delas são crianças ou idosas? Se você vai só ou acompanhado daquela pessoa especial, a tarefa de escolher uma hospedagem é mais simples do que parece.

Enquanto as crianças e idosos se sentem mais confortáveis com um confortável e aconchegante quarto de hotel, você pode ficar em um hostel ou, se estiver acompanhado e a viagem for romântica, em um hotel mais simples.

Tudo vai depender, também, de seu orçamento e exigências acerca do conforto que quer e precisa ter.

Assim, a sua resposta está no sentido que a hospedagem terá em sua viagem.

Se for apenas para descansar, que tal um hostel? Se for para curtir a dois, sem grandes pretensões de usufruir da infraestrutura, pode ser um hotel mais barato? Caso queira algo mais confortável, veja um apartamento em hotel maior.

Algumas sugestões de leitura:

—— FAQ —–

Como montar um roteiro de viagem para Buenos Aires?

A melhor forma de montar um roteiro de viagem para Buenos Aires é dividir os seus dias pelas regiões da cidade, representadas por seus bairros.

Como há muito o que fazer em cada um deles, você fica com mais tempo para aproveitá-los ao máximo.

Quanto tempo é necessário para conhecer Buenos Aires?

O tempo ideal e necessário para conhecer Buenos Aires são 7 dias. Assim você consegue aproveitar as diversas regiões da cidade e, ainda assim, escapar para um lugar que tem neve, se quiser.

Quantos dias é o ideal para ficar em Buenos Aires?

Tanto para conhecer quanto para ficar em Buenos Aires, o ideal é que você aproveite a cidade por 7 dias pelo menos.u00a0

Para conhecer os detalhes que 'fogem do padrão', é necessário mais, para viver como um porteño e aproveitar aqueles detalhes que só os moradores conhecem.u00a0

Denis

Denis

Sou apaixonado por turismo e cinema, crítico de cinema e publiquei um livro sobre intercâmbio em Londres. Quer conhecer o mundo? Eu te levo!

Wow look at this!

This is an optional, highly
customizable off canvas area.

About Salient

The Castle
Unit 345
2500 Castle Dr
Manhattan, NY

T: +216 (0)40 3629 4753
E: hello@themenectar.com