Viajar a Bariloche, em qualquer época do ano, significa que você vai conhecer uma das mais belas cidades da Argentina, destino favorito dos brasileiros que querem ver neve.

Mais do que apenas nevar, a cidade oferece uma excelente infraestrutura de hotéis e restaurantes, os quais ficam a disposição entre as altas e baixas temporadas.

Caso não saiba, não é apenas no inverno que a cidade fica cheia. O verão de Bariloche atrai muita gente também.

Independente de quando for viajar, é bem provável que você se questione sobre qual é o melhor meio de locomoção, tirando suas dúvidas ao procurar por locadoras de carros para que alugue o seu próprio veículo e tenha todo o conforto que merece.

Por outro lado, em uma cidade com tão boa estrutura, e que oferece traslados em suas diversas atrações, será que vale a pena alugar um carro em Bariloche?

Para te ajudar a saber se sim ou se não, preparamos 5 dicas imperdíveis.

alugar carro bariloche 4A época em que você viaja diz muito sobre como será sua necessidade

Alugar um carro em Bariloche pode parecer uma ótima ideia, se for em época cujo tempo colabore para não nevar. Pois, quando as estradas ficam cobertas de gelo, talvez você precise mais do que sua experiência como motorista.

Os argentinos estão acostumados a dirigir sob essas condições.

Para isso, eles colocam correntes nos pneus, além de evitarem estradas em tempos de nevasca.

Por tudo isso, você precisa ponderar o quanto é necessário alugar um carro em Bariloche.

Se preferir evitar, principalmente na época de frio intenso, é melhor que você utilize meios de transporte locais, como táxis e vans que podem te levar e trazer dos passeios.

Se for a Bariloche em uma das demais estações do ano, e preferir o conforto de ter seu próprio meio de locomoção, alugar um carro pode ser uma boa opção.

O barato pode sair caro, então faça tudo com antecedência

Para ter certeza de que vai alugar um carro com conforto, segurança e garantia de que ele estará disponível para quando você chegar em seu destino, faça a sua reserva antes.

Algumas pessoas acabam buscando por carros alugados de impulso, o que pode ser uma grande furada, pois há dois problemas com isso:

  1. O primeiro tem a ver com a quantidade de carros disponíveis, que será de acordo com a demanda de turistas na região.
  2. O segundo problema é o valor do aluguel de última hora. Com a reserva feita com antecedência, você garante bons preços e formas de pagamento mais justas, pois terá tempo de se prevenir.

Enquanto um carro comum, compacto, pode sair por 110 pesos argentinos com antecedência, o mesmo veículo alugado na hora, de acordo com a demanda, chega a custar 280 pesos por dia.

É duas vezes e meia o valor inicial.

casal em carroConheça a cidade antes de chegar a ela: pesquise pelos passeios e estradas

Ao pesquisar sobre sua viagem, com os passeios, restaurantes, hotel e detalhes relacionados ao câmbio, talvez você acabe deixando de lado os detalhes de Bariloche.

Eles estão nas ruas, na aparência que a cidade tem e na estrutura que ela proporciona.

Tudo isso pode ser rapidamente pesquisado em um mapa digital, como o Google Street View. Se o fizer, terá muito mais conhecimento sobre a cidade para se sentir seguro para dirigir por lá.

O outro detalhe importante é conhecer um pouco mais dos passeios, como a distância entre eles e sua hospedagem, as condições da estrada e, quando estiver perto de viajar, a previsão do tempo.

Tudo isso lhe dará mais clareza a respeito do que te espera em sua viagem.

Em consequência, você se sentirá mais seguro para dirigir por Bariloche.

Alugar um carro para passeios com traslado não vale a pena

Apesar do conforto e segurança que um carro alugado proporciona, em muitos casos, não vale a pena ir até determinadas atrações turísticas com ele, principalmente se houver a possibilidade de comprar a entrada com traslado de ida e volta.

Muitos passeios podem te dar a oportunidade de experimentar os vinhos argentinos – ou outras bebidas alcoólicas típicas de lá.

Além disso, algumas atividades vão te cansar o suficiente para você querer voltar para o hotel apenas descansando. Nada melhor, então, do que não precisar se preocupar em dirigir.

A preocupação de dirigir bem em um lugar que você não conhece nem as regras de trânsito

É fundamental ter consciência de que você estará em um novo país, com leis próprias que o regem, como é o caso das normas e condutas nas estradas, além do modo de dirigir.

No Brasil, por exemplo, não é permitido usar celular ao volante.

E na Argentina? Pode dirigir comendo e bebendo? Pode dirigir fumando? Existe alguma tolerância para o álcool na direção?

Questões que, por mais que pareçam simples, são rotineiras para os turistas que estão avaliando se vale a pena alugar carro em Bariloche. Isso gera muita confusão com a polícia, acredite.

Por isso, o melhor é pesquisar antes as leis de trânsito. É o típico caso de que é melhor prevenir do que remediar.

A documentação em dia é um atrativo, mas a barbeiragem não

Por mais que seja tranquilo dirigir em países da América do Sul com a CNH brasileira, isso não impede que muitos nativos percebam o quanto nós podemos ser barbeiros.

O jeito de dirigir muda muito no próprio Brasil, de cidade em cidade – sobretudo em relação às capitais, onde os motoristas costumam ser mais arredios.

Na Argentina o modo é diferente e eles não toleram barbeiragens típicas de quem quer dar um jeitinho para contornar determinadas regras.

Com isso tudo, não quer dizer que você vá chegar na Argentina ignorando as regras. Ao contrário: é possível que você as interprete da mesma forma que o faz no Brasil, o que pode não ser recomendável.

A melhor forma, então, é observar como outros motoristas dirigem, respeitar as leis e sinalização do trânsito e aproveitar o conforto do carro.

Quando a neve cai, a sua experiência automobilística acaba

Como você já sabe, quando neva em Bariloche muitas estradas ficam praticamente inacessíveis a carros normais, mesmo com as correntes nos pneus.

Em algumas atrações, é melhor que você nem sequer cogite subir os montes por conta própria.

Se estiver na Argentina em época de neve e ainda assim decidir alugar um carro, evite esses passeios dirigindo por conta. Vá com o traslado local.

mulher relaxando dentro de um carroVale a Pena Alugar Carro em Bariloche? Veja os Prós e Contras

A melhor decisão vai depender de diversos fatores, como você viu até aqui.

O tempo, suas condições financeiras, seus objetivos de passeios, a necessidade de locomoção de um lado para o outro ou não.

Para te ajudar a decidir sobre o que é melhor para a sua viagem, preparamos duas listas com pontos positivos e negativos. Tire todas as suas dúvidas e decida.

Pontos positivos

  • Independência de locomoção na hora que quiser, para onde precisar ir, sem ter de alugar uma van ou participar de uma excursão com itinerário próprio;
  • Conforto e segurança de curtir a viagem com privacidade, carregando suas próprias malas, se precisar, ou os pertences que não precisam ser carregados no colo o tempo inteiro;
  • Se a reserva for feita com antecedência, o valor de aluguel de carro em Bariloche não é alto, o que pode compensar muito se você é uma pessoa que gosta de ir até o supermercado ou andar de carro ao invés de bater perna.

Pontos negativos

  • Se estiver nevando, nem os nativos gostam de andar de carro, pois as estradas ficam lisas e extremamente perigosas;
  • Caso não consiga fazer reserva com antecedência, sua viagem pode encarecer muito com o aluguel feito na hora;
  • A sua viagem pode ser do tipo que você experimenta bebidas alcoólicas ou que pratica muito esporte na neve. O cansaço de ambos os momentos, pode ser maior que a vontade de dirigir.

Concluindo…

Viajar bem é se planejar.

Com isso em mente, a sua viagem pode ter muito a ganhar caso se encaixe no perfil do viajante independente, principalmente se não for em período de neve. Se for assim, vale a pena alugar carro em Bariloche.

Caso contrário, o melhor é curtir os traslados da própria cidade e aproveitar a vista como passageiro, sem preocupação alguma com combustível, buracos, neve, pneus, amassados e onde estacionar.

Em qual perfil você se encaixa? Isso vai te ajudar a decidir.

Denis

Denis

Sou apaixonado por turismo e cinema, crítico de cinema e publiquei um livro sobre intercâmbio em Londres. Quer conhecer o mundo? Eu te levo!

Deixe um comentário

Wow look at this!

This is an optional, highly
customizable off canvas area.

About Salient

The Castle
Unit 345
2500 Castle Dr
Manhattan, NY

T: +216 (0)40 3629 4753
E: hello@themenectar.com